Ele atropelou este outro homem depois de um desentendimento e fugiu; o caso ocorreu em 2015 em Ipatinga

Um mineiro de 40 anos foi preso nos Estados Unidos suspeito do crime de tentativa de homicídio contra um homem de 37 anos, ocorrido em 2015, na cidade de Ipatinga, na região do Rio Doce, em Minas Gerais. Ele atropelou este outro homem depois de um desentendimento em um bar e fugiu. O caso teria sido motivado por uma fofoca feita pela vítima sobre a companheira do suspeito.

A prisão foi divulgada pelo Ministério Público de Minas Gerais. Conforme o órgão, o suspeito foi preso no dia 12 de dezembro e deverá ser deportado para o Brasil nas próximas semanas, onde será julgado pela Vara do Tribunal do Júri de Ipatinga. Se condenado, ele poderá ficar preso de 8 a 20 anos.

“Essa prisão representa uma grande vitória no combate à impunidade, demonstrando que as autoridades brasileiras são capazes de estabelecer parcerias com as autoridades de quaisquer países a fim de buscar a aplicação da Justiça”, disse o promotor de Justiça Jonas Junio Linhares Costa Monteiro.

O crime

Segundo o documento do Ministério Público, após discutirem no bar, o suspeito e a vítima entraram em luta corporal, mas a briga foi contida por outros clientes. Em seguida, o homem de 40 anos deixou o bar em um carro e seguiu sentido à sua casa.

No caminho, ele encontrou o seu desafeto. O suspeito então arremessou o carro em direção a vítima, que foi atingida pelo veículo.  Ainda conforme o documento, o suspeito acreditou que o seu desafeto havia morrido e por isso fugiu do local. A vítima foi socorrida por populares para um hospital da região.

próximo artigoIvan Barreto é o vencedor da última temporada do ‘The Voice Brasil’
Artigo seguinteLarcamón crava atacante no Cruzeiro e indica chance de volta de Lucas Romero