Próximo de estrear no Campeonato Mineiro, o Cruzeiro conta com um fator positivo para iniciar a temporada com vitória. Há 10 anos o clube não perde em estreias na competição. A última derrota aconteceu ainda em 2012, contra o Guarani, em jogo disputado na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Vale lembrar que a estreia celeste daquele ano valeu, na verdade, pela segunda rodada da competição. Isso porque o jogo da primeira rodada havia sido adiado. Desde o tropeço daquele Cruzeiro de Montillo, Wellington Paulista, Anselmo Ramon, Leandro Guerreiro e companhia, a Raposa não sabe o que é perder em estreias no torneio estadual.

Em 2017, o mesmo Villa Nova estreou contra a Raposa. Mesmo com a equipe de Nova Lima no papel de mandante da partida, o jogo aconteceu no Mineirão. E o Cruzeiro venceu o jogo por 2 a 1. Naquela oportunidade, Ariel Cabral e Robinho marcaram para o Cabuloso de Mano Menezes, que naquele ano seria pentacampeão da Copa do Brasil. Roni descontou para o Leão do Bonfim.

Em 2013, uma curiosidade: o clássico contra o Atlético, que seria válido pela terceira rodada, foi antecipado para a estreia da competição para celebrar a reabertura do Mineirão, então fechado para reforma visando a Copa do Mundo de 2014. Com gols de Marcos Rocha contra e Dagoberto, a equipe estrelada venceria o rival por 2 a 1.

Empates

Em duas oportunidades Cruzeiro estreou com empate. Contra o URT, igualdade em 0 a 0, jogando no Mineirão, em 2016. Arrascaeta, William Bigode e Alisson não superaram a defesa da Veterana. E em 2021, quando o time celeste era comandado por Felipe Conceição, a Raposa apenas empatou por 1 a 1 com o Uberlândia.

O primeiro e único testo do Cruzeiro antes da estreia no Mineiro aconteceu na última quinta-feira, na Toca da Raposa 2. Com gols de Dinenno e Arthur Gomes, a Raposa bateu o Itabirito por 2 a 1, em jogo-treino dividido em quatro tempos de 30 minutos.

Confira a lista das últimas 11 estreias do Cruzeiro no Mineiro 

  • 2023 – 2×1 Patrocinense (Pedro Alves do Nascimento)
  • 2022 –  3×0 URT (Independência)
  • 2021 – 1×1 Uberlândia (Parque do Sabiá)
  • 2020 – 2×0 Boa (Mineirão)
  • 2019 – 3×1 Guarani (Farião)
  • 2018 – 2×0 Tupi (Mineirão)
  • 2017 – 2×1 Villa (Mineirão)
  • 2016 – 0x0 URT (Mineirão)
  • 2015 – 2×1 Democrata-GV (Mammoud Abbas)
  • 2014 – 1×0 URT (Mineirão)
  • 2013 – 2×1 Atlético (Mineirão)
próximo artigoAmérica defende tabu contra o Pouso Alegre, adversário na estreia do Mineiro
Artigo seguinteConfira quais jogadores do atual elenco do Atlético mais conquistaram o Mineiro