O Cruzeiro passa a adotar a partir da próxima semana um novo formato administrativo que vai vigorar até o final de 2020. A decisão foi tomada depois que o presidente Wagner Pires de Sá e o presidente do Conselho Deliberativo, Zezé Perrella, ouviram seus pares de conselho no sentido de apaziguar a situação política do clube bem como caminhar em busca de uma solução para os problemas financeiros e administrativos de momento.

Como é de conhecimento público o Cruzeiro atravessa uma das maiores crises financeiras de sua história e continua em risco de rebaixamento para a SEGUNDA DIVISĀO. O torcedor carrega com orgulho o troféu de nunca ter caído para a segundona e faz questão de mostrá-lo para qualquer adversário e jamais poderemos imaginar que o contrário aconteça. Já começamos a trabalhar para reorganizar as finanças do clube e a vitória sobre o São Paulo nos abre caminhos pra um horizonte de resultados positivos.

Ficou definido que que o presidente Wagner Pires de Sá vai cumprir seu mandato até o final de 2020, com o presidente do conselho Zezé Perrella assumindo o comando do futebol profissional que terá decisões independentes.

Foi criado ainda um Conselho Gestor formado por 6 conselheiros:

Célio Elias

Zezé Franelli

Hermínio Lemos

Giovanni Baroni

Darci Martins Fraga

Jarbas Matias dos Reis

Diante dessa decisão entendemos que torna-se desnecessária a reunião do Conselho Deliberativo marcada para o dia 21 próximo tornando-se sem efeito o edital de convocação publicado pela presidência do órgão. O importante agora é abraçarmos o clube nesse momento decisivo de sua história no Campeonato Brasileiro, assim como se comportaram nossos torcedores na quarta-feira diante do São Paulo.

próximo artigoCinco jogos abrem o Campeonato Amador de Fabriciano
Artigo seguinteTenda da Saúde estará no bairro Primavera, em Timóteo, amanhã
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários