A divulgação dos resultados individuais do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2023, está prevista para esta terça-feira (16), de acordo com o calendário informado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no início do ano passado.

As provas foram aplicadas nos dias 5 e 12 de novembro de 2023, na versão regular do exame, e em 12 e 13 de dezembro na versão PPL (para pessoas privadas de liberdade) e reaplicação.

Criado em 1998, para avaliar a qualidade da educação brasileira, o Exame se tornou uma das principais portas de entrada em instituições públicas e privadas de ensino superior. Isso porque, com a nota do Enem, o estudante pode optar por não prestar vestibular, bem como não viajar para outras cidades e estados para concorrer a uma vaga na graduação, pois a nota permite ao candidato se inscrever em processos seletivos, em qualquer lugar do país, em instituições que usam o Enem como forma de ingresso.

A nota pode ser usada para participar de iniciativas do Governo Federal de incentivo à graduação, como o Programa Universidade para Todos (ProUni), o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), além de ser utilizado também para ingresso em instituições privadas, como no Unileste, por meio da modalidade Aproveitamento da Nota do Enem.

Os candidatos que realizaram o Exame, entre as edições de 2016 a 2023, podem garantir bolsa de estudo de até 100%, durante todo o curso, no Unileste. Os percentuais do Desconto Enem variam de 30% a 100%, conforme a nota obtida no exame, e são válidos para todas as opções de graduação, exceto para o curso de Odontologia. Confira mais informações na Política de Desconto.

ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) permite o ingresso do candidato em instituições de ensino superior privadas. Para se inscrever o estudante precisa acessar o site do programa (previsão entre os dias 22 e 25 de fevereiro), escolher a instituição que deseja estudar, ter alcançado pelo menos 450 pontos na prova do ENEM – realizado no ano anterior- e não ter zerado a redação.

O programa consiste em bolsas de estudo parciais (50%) e integrais (100%), destinadas para a primeira graduação de estudantes que concluíram o Ensino Médio em escolas públicas, cuja renda familiar “per capita” não supere três salários-mínimos.

Fies 

O Financiamento Estudantil (Fies) é para candidatos que desejam financiar a sua graduação. Para se inscrever o estudante precisa acessar o site do programa (previsão entre os dias 7 e 10 de março), escolher a instituição que deseja estudar, ter alcançado pelo menos 450 pontos (média geral) na prova do ENEM – realizado no ano anterior- e não ter zerado na redação.

Sisu 

Para instituições públicas, a nota do Enem é classificatória para o ingresso por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Dentre os critérios para pleitear uma vaga, o candidato não pode zerar a redação. As inscrições para o SISU ficarão abertas de 22 a 25 de janeiro (previsão).

Como conferir a nota do Enem

As notas podem ser consultadas pela Página do Participante no portal do Inep. Os candidatos que esqueceram a senha de acesso, poderão solicitar a recuperação durante o login. O Unileste é uma das instituições que participam dos programas Prouni e Fies. Para saber mais sobre os processos seletivos e forma de ingresso, entre em contato com a Instituição por meio do telefone ou WhatsApp (31) 3846-5500 ou acesse o site: vestibular.unileste.edu.br.

próximo artigoONU precisa de US$ 4,2 bi para ajuda humanitária à Ucrânia em 2024
Artigo seguintePrefeitura de Fabriciano abre inscrições para o concurso público da abrem nesta segunda-feira, 15/1