Ipatinga avança em estudos e formata projeto para expansão do Distrito Industrial

Nesta quinta-feira (20), servidores da Secretaria de Obras se empenharam na manutenção das estradas que cortam a área

Visando a diversificação da economia, criação de alternativas de desenvolvimento e geração de novas oportunidades de ocupação para a mão de obra da cidade, técnicos da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) e da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) trabalham de forma célere, sob orientação do chefe do Executivo, na elaboração de projetos e estudos para viabilização da ampliação do Distrito Industrial de Ipatinga. A expansão compreende uma área de mais 755 mil metros quadrados, que se pretende dividir em 267 lotes de 800 a 3.000 metros.

“Essa área, próxima ao aeroporto, é estratégica e atende a uma das metas prioritárias do governo. Além de ter ligação direta com a BR-458, facilitando o escoamento de produtos e abastecimento de matérias-primas, também é um prolongamento do Distrito Industrial I, ou seja, se trata de uma importante expansão que significa novos avanços para o desenvolvimento da cidade. Vale destacar que já estamos com projetos estruturais e ambientais em fase avançada de elaboração”, destacou o prefeito Nardyello Rocha.

“Ipatinga tem sido nos últimos dois anos uma referência na geração de empregos. Isso é resultado de várias ações na direção do desenvolvimento, e agora estamos dando mais este passo decisivo. A ampliação do Distrito Industrial será mais uma forma de gerar emprego e renda para Ipatinga”, acrescenta.

Licenciamento

Segundo a diretora do Departamento de Meio Ambiente, Núbia Fernandes, aAdministração tomará todos os cuidados para garantir a proteção do meio ambiente durante a execução do projeto. “Cabe ao Estado a liberação desse tipo de empreendimento. Estamos trabalhando com os estudos e em breve já iremos protocolar toda a documentação na Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Importante salientar que estamos buscando promover um projeto sustentável e economicamente interessante para a comunidade”, adiantou.

Fim do abandono

Diferente de como era em Administrações passadas, o atual governo tem dado assistência constante para a preservação da área. Nesta quinta-feira (20), servidores da Secretaria de Obras se empenharam na manutenção das estradas e aplicação de escória, com o objetivo de facilitar o acesso da fiscalização ao local, evitando assim a invasão do patrimônio público.

Única moradora da região, Maria Magela Ferreira conta que está no local há nada menos que 72 anos. Com 77 anos de idade, a pioneira de Ipatinga mora com um primo, de quem ela cuida há 30 anos. Ao ver as máquinas, a idosa avaliou as ações de manutenção feitas pela prefeitura.

“O pessoal está vindo muito aqui, melhorando a estrada para acabar com o barro. Isso é muito bom! Moro aqui desde os cinco anos. Minha família chegou aqui e agora só tem eu e esse meu primo. Meus irmãos são todos casados, mas eu gosto daqui, onde cuido das minhas coisinhas”, comentou.