Foto: Reprodução

A comunidade escolar escolheu os dirigentes que conduzirão os trabalhos pedagógicos, administrativos e financeiros das escolas municipais nos próximos três anos. A eleição dos diretores e vice-diretores escolares foi realizada no último domingo,09, em 14 escolas com a participação de professores, servidores, pais e alunos com idade acima de 16 anos.

No horário de 8h às 17h, as escolas abriram suas portas para o exercício democrático do voto pela comunidade escolar. O processo foi acompanhado de perto pelo prefeito de Timóteo Douglas Willkys e vice-prefeito e secretário de Educação e Cultura, José Vespasiano Cassemiro, que visitaram as escolas e conversaram com as equipes de trabalho, fiscais, mesários, candidatos e eleitores.

“A eleição direta dos dirigentes escolares foi um compromisso de campanha que, agora, torna-se realidade. Agradecemos o apoio das comissões do processo eleitoral, dos funcionários, que trabalharam na votação, e à participação da comunidade escolar que escolheu e/ou referendou o melhor projeto para a escola”, destacou Douglas Willkys, parabenizando o vice-prefeito e sua equipe pela condução do processo de escolha.

De acordo com José Vespasiano, a eleição ocorreu num clima tranquilo de harmonia e respeito. “A vitória é da democracia. O resultado a ser homologado refletirá o êxito de todos que acreditam no processo de eleição direta de diretores e vices para a consolidação de uma educação de qualidade e democrática”, afirmou o vice-prefeito. Vespasiano agradeceu à participação de todos candidatos que, numa primeira fase, demonstraram sua aptidão técnica ao serem aprovados no processo de certificação, e que defenderam seus planos de trabalho junto à comunidade nesta segunda etapa, que culminou com a votação.

Na avaliação do secretário de Educação, houve muitos acertos, porém é necessário repensar alguns pontos, baseado em sugestões dos servidores, para consolidar ainda mais a democracia e a participação da comunidade escolar. O processo de escolha de diretores e vices das escolas municipais contou com 1.110 votantes.

O processo eleitoral abrangeu 14 escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental e o Centro Municipal de Educação Integrada (CMEI)/Educação de Jovens e Adultos (EJA). Três escolas tiveram a inscrição de duas chapas e onze tiveram chapa única. Não houve inscrição de chapa para a Escola Angelina Alves de Carvalho, que terá a indicação, de acordo com a legislação vigente, entre os servidores aprovados no processo de certificação.A posse dos eleitos está prevista para o mês de janeiro de 2019.

Sem derrotas

A comunidade da Escola Municipal Infantil Cecília Meireles teve que optar entre duas chapas. “Foi um processo em harmonia e paz”, frisou a candidata eleita Elisângela Cristina de Oliveira, que já havia participado da última eleição direta de diretores em 2013.  Por sua vez, a candidata Denise Lima Dias comentou que o pleito foi transparente, salientando que “não há vencidos, pois as duas chapas estão querendo o bem para a escola”.

Maria Ângela Silva Vespasiano se inscreveu para dirigir o Centro Municipal de Educação Integrada (CMEI)/Educação de Jovens e Adultos (EJA), que participou com chapa única ressaltou que a eleição direta dos diretores é um sonho de toda comunidade escolar, “que deve participar do processo de escolha para poder cobrar o bom desempenho”.

A professora de Língua Portuguesa da Escola Municipal de Timóteo, Maria Helena Alvarenga, afirmou que a eleição é uma vitória da educação que marca a história da cidade. “O povo precisa ter liberdade para dizer o que quer, do que precisa. Hoje, com a escolha da equipe diretiva das escolas municipais estamos concretizando esta luta de vivenciar a democracia, com a participação de pais, alunos, professores e funcionários”, comentou.

O pai de aluno Ezequiel Nascimento dos Santos, lembrou a importância da participação da família junto à escola. “Estudei por quatro anos na escola, que hoje é do meu filho. E aqui foi o princípio de minha aprendizagem, muito boa por sinal. Agora, voto para que que continue melhorando”, enfatizou.

LISTA DOS DIRETORES ELEITOS POR ESCOLA:

 – Escola Municipal Clarindo – Diretora Carmem Lúcia Mendes

– Escola Municipal do Alvorada – Diretora Márcia Lessa Nunes

– Escola Virgínia S. Reis – Diretora Arlete Fernandes Oliveira

Fonte: PMT

próximo artigoMoradores de Revés se reúnem em mutirão para construir quadra esportiva
Artigo seguinte‘Setores que pagam pouco imposto deveriam voltar a pagar’, diz Eduardo Guardia