Com a aprovação, Legislativo permite investimento na manutenção e aquisição de materiais para as unidades escolares

A Câmara Municipal de Ipatinga aprovou, em sessão ordinária nesta segunda-feira (29), dois projetos de lei que destinam recursos para as Caixas Escolares. Os Projetos de Lei nº 14 e 15, de 2024, somam R$ 10 milhões que serão distribuídos para as 47 unidades escolares do município.

Os recursos serão alocados de acordo com o número de alunos matriculados em cada escola.

A vereadora Professora Mariene, presidente da Comissão de Educação, defendeu a importância dos repasses para as Caixas Escolares das escolas municipais e da rede parceira. “Essa é uma conquista importante para a educação de Ipatinga. Os recursos serão utilizados principalmente para a manutenção das escolas e a compra de materiais”, disse.

Professora Mariene reforçou a urgência e a importância desses repasses, reiterando o compromisso da Comissão de Educação com a melhoria contínua das condições nas escolas municipais e conveniadas.

O vereador Adiel Oliveira, líder de governo na Câmara, também se manifestou sobre o tema. Ele se comprometeu a trabalhar junto com a Prefeitura para garantir que os repasses para as Caixas Escolares sejam feitos de forma regular e dentro do prazo.

“Acredito que a educação é uma prioridade e que devemos investir nela”, afirmou o vereador Adiel Oliveira. “As nossas crianças e adolescentes merecem ter acesso a uma educação de qualidade, em escolas bem equipadas e com infraestrutura adequada.”

O vereador Ley do Trânsito, presidente da Câmara, também destacou a importância da matéria.  “A aprovação dos projetos de lei é mais uma demonstração do compromisso da Câmara de Ipatinga com a educação. O Legislativo tem investido cada vez mais na área, com o objetivo de garantir uma educação de qualidade para todos os alunos da cidade”.

CAIXA ESCOLAR: O QUE É? 

Caixa Escolar é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo gerenciar recursos financeiros e materiais para apoiar as escolas.

Geralmente, as Caixas Escolares são formadas por pais, professores e membros da comunidade local, que se unem para ajudar a financiar as necessidades da escola. As escolas podem depositar recursos financeiros na conta da Caixa Escolar, que os gerencia e os aplica de acordo com as necessidades da escola.

Aqui estão alguns exemplos de gastos que podem ser feitos com recursos das Caixas Escolares:

  • Reparos e reformas, como pintura, manutenção elétrica e hidráulica;
  • Aquisição de materiais pedagógicos, como livros, equipamentos e recursos tecnológicos;
  • Aquisição de materiais de limpeza;
  • Realização de projetos educacionais, como atividades extracurriculares, viagens de estudo e eventos culturais.
próximo artigoCEM de Fabriciano completa um ano com mais de 40 mil atendimentos feitos em 24 especialidades médicas
Artigo seguinteMais de mil km de rodovias no Paraná passam para a iniciativa privada