Paulo Autuori, que hoje ocupa o cargo de diretor técnico do Cruzeiro, não deve assumir o comando do time principal após a demissão de Pepa, anunciada nessa terça-feira (29/8). Fontes ligadas ao profissional afirmaram, com exclusividade ao O TEMPO Sports, que a ‘chance é zero’ de ele ser técnico da equipe estrelada.

Como é um integrante do corpo gestor do clube, o nome de Autuori foi sondado para o cargo. A sua escolha seria considerada um caminho mais ‘fácil’, já que ele conhece o clube e, principalmente, os jogadores.

Além disso, a experiência de Autuori era vista com bons olhos, devido ao momento de crise que a equipe vive. O Cruzeiro vem de sete jogos consecutivos sem vitória no Brasileirão Série A, onde está na 12ª posição, fator que contribuiu para a saída do português.

Autuori, conhecido por ser treinador, não voltou a Belo Horizonte com o intuito de assumir essa função. Ele chegou para desenvolver e fazer crescer a metodologia de trabalho do clube e ser ativo nas rotinas de trabalho não só do plantel principal, mas das categorias de base.

próximo artigoPreços na indústria caem 0,82% em julho, influenciados pelo setor de alimentos
Artigo seguinteAtlético aumenta lucro com estreia na Arena MRV; veja comparação