Foto: Reprodução

O Cruzeiro entrou em campo pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro na tarde deste sábado e empatou em 0 a 0 com o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife. O resultado poderia ter sido diferente, não fosse um (mais um!) gol mal anulado de Barcos na primeira etapa.

No segundo tempo, a Raposa ainda desperdiçou um pênalti com Raniel, aos 40 minutos, defendido pelo goleiro Magrão.

Agora, o time celeste vira a chave para a Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira, 12 de setembro, acontece o jogo de ida da semifinal do torneio, contra o Palmeiras, em São Paulo.

Pelo Brasileirão, o time estrelado volta a campo no domingo, dia 16 de setembro, no clássico contra o Atlético-MG, no Mineirão.

O jogo

O Cruzeiro teve total controle da partida nos primeiros 45 minutos. Marcando bem e impondo seu jogo, o time celeste atuou praticamente o tempo todo no campo do adversário e criou chances suficientes para abrir o placar.

A primeira delas aconteceu aos 12 minutos, quando Barcos arriscou um chute cruzado, mas a bola saiu à esquerda de Magrão.

Aos 29 minutos, a oportunidade mais clara e que também se tornou o lance mais polêmico da partida. Após cobrança de falta de Mancuello pela esquerda, Bruno Silva cabeceou a bola na trave. No rebote, Barcos completou para o gol, que acabou anulado de forma bastante equivocada pelo árbitro paulista Vinicius Gonçalves Dias Araújo.

Ainda na primeira etapa, o Cruzeiro quase abriu o placar com Mancuello, que deu forte arremate ao gol, interceptado pelo zagueiro adversário.

Na volta para a segunda etapa, o time da casa também tentou algumas investidas. A mais perigosa dela aconteceu aos 18 minutos, quando Rogério cruzou e Fábio desviou para escanteio.

A Raposa teve uma grande chance aos 40 minutos, quando David sofreu pênalti. Na cobrança, Raniel cobrou rasteiro, no canto direito, mas parou no goleiro Magrão.

Com o 0 a 0, o Cruzeiro chegou aos 33 pontos e ocupa a 7ª colocação na tabela. Na próxima rodada, o time estrelado terá pela frente o clássico contra o Atlético-MG, dia 16 de setembro, no Mineirão.

SPORT 0 X 0 CRUZEIRO
Motivo: 24ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 08/09/2018 (sábado)
Local: Ilha do Retiro, em Recife-PE
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (CBF/SP)
Público: 9.525
Sport: Magrão; Ernando (Raul Prata), Ronaldo Alves, Durval e Sander; Marcão, Neto Moura (Jair), Andrigo (Mateus) e Marlone; Rogério e Hernane. Técnico: Eduardo Baptista
Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Manoel, Léo e Egídio; Lucas Silva, Bruno Silva, Robinho (Raniel), Mancuello e Rafinha (Ederson); Barcos (David). Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Neto Moura, Jair e Ronaldo Alves (Sport); Robinho (Cruzeiro)

próximo artigoFlamengo supera Chapecoense no Maracanã e reage no Brasileirão
Artigo seguinteApós polêmica no Recife, Mano faz alerta sobre árbitro de semi da Copa do Brasil