Cruzeiro recebe Vasco tentando garantir o acesso à Série A

Mirando o retorno à Série A, o Cruzeiro recebe o Vasco, a partir das 21h (horário de Brasília) desta quarta-feira (21) no estádio do Mineirão, pela 31ª rodada da Série B do Brasileiro. A Rádio Nacional transmite o jogão de bola ao vivo.

Liderando com folga a competição, com 65 pontos, 12 de vantagem sobre o vice-líder Grêmio, a Raposa se garante matematicamente na Primeira Divisão de 2023 caso some mais três pontos nesta quarta. Chegando ao total de 68 pontos, o Cruzeiro garante lugar cativo no G4 da classificação, isto porque ou Vasco (4º colocado com 48 pontos) ou Londrina (5º com 45 pontos) não conseguirão ultrapassar a Raposa. Isso acontece porque o Cruzmaltino e o Tubarão ainda medem forças até o final da temporada.

Segundo o técnico uruguaio Paulo Pezzolano, a possível confirmação matemática do acesso é o grande objetivo da Raposa na temporada: “Sim, será um dia importante quando alcançarmos o acesso matemático. Isto porque fechamos o objetivo mais importante que tínhamos no ano”.

Porém, para cumprir esta meta o treinador terá dois desfalques em sua equipe titular: Jajá, que sofreu uma lesão na coxa esquerda, e Matheus Bidu, fora por questões particulares. Desta forma o uruguaio deve escalar o seguinte time: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Lucas Oliveira e Zé Ivaldo; Filipe Machado, Neto Moura, Geovane Jesus, Bruno Rodrigues, Luvannor e Daniel Júnior; Edu.

Do outro lado do gramado estará um Vasco embalado, que vem de goleada de 4 a 1 sobre o Náutico. E o atual 4º colocado da Série B confia demais no seu camisa 9, o atacante Raniel.

O jogador, que já tem nove gols na competição, afirma que, apesar da dificuldade, vencer o Cruzeiro é possível: “São duas equipes gigantes do futebol brasileiro, e sabemos que tudo é possível. E não é impossível de irmos lá e vencermos o Cruzeiro. E vamos lá para isso. Mas com os pés no chão, sabendo que vamos enfrentar uma grande equipe”.

E para alcançar o triunfo fora de casa, o técnico Jorginho tem a possibilidade de repetir a equipe que goleou o Náutico: Thiago Rodrigues; Leo Matos, Danilo Boza, Anderson Conceição e Paulo Victor; Yuri Lara, Andrey Santos, Nenê e Marlon Gomes; Eguinaldo e Raniel.

Fonte: Agência Brasil

próximo artigoCENIBRA realiza Semana da Árvore
Artigo seguinteBolsonaro promete recriar Ministério da Indústria se for reeleito