Comércio poderá abrir na onda vermelha, flexibilização depende de determinação municipal

Com objetivo de equilibrar segurança sanitária e economia, o Comitê Extraordinário Covid-19 aprovou, nesta quarta-feira (9/12), novos protocolos para funcionamento do comércio em dezembro, um dos meses mais importantes para o segmento em função do Natal.

Conforme sugestão do grupo técnico, o comércio varejista e atacadista, atualmente permitido na onda amarela, poderá funcionar em onda vermelha, desde que o gestor municipal adote medidas adicionais. Entre os critérios de segurança estão o aumento de fiscalização sobre o uso de máscara, limite de 1 cliente/consumidor para cada 10 metros quadrados e restrição do horário de funcionamento de bares e restaurantes até as 22h, com proibição do consumo em pé.

Assista à reportagem e saiba mais!