Novos conselheiros do CMDCA são empossados em Santana do Paraíso

No total, são 16 conselheiros, entre representantes da Sociedade Civil e do Governo e titulares e suplentes

A Prefeitura Municipal de Santana do Paraíso, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizou na manhã desta terça-feira (12), o Fórum de Eleição dos Representantes da Sociedade Civil para compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Santana do Paraíso. A cerimônia de posse contou com a presença do prefeito Bruno Morato e do vice José Anicio de Almeida, o Oliveirinha.

O conselho é formado por representantes da sociedade civil e do governo, um sistema denominado paritário. São quatro vagas para cada categoria, sendo que para cada vaga há um conselheiro titular e um suplente. Os novos membros foram empossados para o pleito 2022/2023. 

“É um órgão vital para a garantia dos direitos das nossas crianças e adolescentes, direitos que muitas vezes são violados no próprio seio familiar, onde eles deveriam estar mais protegidos. Então, o município com esse ato reforça o seu compromisso de lutar por aquilo que acredita que seja o futuro do país”, afirmou o prefeito.

O chefe do Executivo ainda frisou os recursos arrecadados para as ações voltadas a esse segmento. “Vamos investir mais de R$ 3 milhões neste ano e, obviamente, esses investimentos devem ser acompanhados e passados pela liberação do conselho, para que essa política chegue na criança e no adolescente que efetivamente mais precisam”, completou.. 

Uma das novas conselheiras da Sociedade Civil é Cristiane Pereira Medeiros, que é assistente social e representa o Instituto Lumar. “Ele [instituto] vem para somar e fortalecer as ações em busca do empoderamento das entidades, das ações e atividades realizadas no município, que visam também a proteção e prevenção de violação dos direitos de crianças e adolescentes”, afirmou.

Na oportunidade, também foram apresentados os novos conselheiros governamentais, formados por representantes das Secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação, e Procuradoria. “O conselho, além de liberar, propõe projetos inovadores que vão de encontro às demandas”, complementou a conselheira Carla Andréia Santos Lima.

Confira a lista dos novos conselheiros:

Sociedade Civil:

Celso de Jesus Mariano – CEJOC (titular) Josué Ramalho da Silva – CEJ

Cristiane Pereira Medeiros Andrade – LUMAR (titular)

Josélia C Moreira Duarte – LUMAR (suplente)

Tales Caetano Alves Pereira – ROMA (titular)

Emylli R.Franco – ROMA (suplente)

Mateus Henrique de Carvalho Almeida – CAIS (titular)

Geraldo Cristiano Alves Valentim – CAIS (suplente)

Governamental:

Geiciany de Freitas Rodrigues – SMAS (titular)

Carla Andréia Santos Lima – SMAS (suplente)

Arthur de Souza Fernandes – Procuradoria (titular)

Leonardo Henrique Melo Damasceno – Procuradoria (suplente)

Maria de Lourdes Costa Batista – Educação (titular)

Carla Natânia Barreto – Educação (suplente)

Fabrícia Eduarda Garcia Reis – Saúde (titular)

Vanderlei Lopes Pereira – Saúde (suplente)

próximo artigoUsiminas assume compromisso de preservar quase 800 mil m2 de áreas verdes em Ipatinga (MG)
Artigo seguinteNovos casos e mortes por covid-19 continuam a baixar no mundo