Administração municipal inicia construção de cinco novos muros de arrimo

Locais com problemas históricos, como o Beco do Fazendeiro, na rua Belo Horizonte, no Centro, receberão intervenções. Ao todo, atual governo projeta a construção de 170 muros em toda a cidade.

Operários da empresa vencedora da licitação para execução da terceira etapa de construção de muros de arrimo em áreas de risco de Ipatinga trabalharam, na manhã desta terca-feira (3), na limpeza do local que receberá uma das obras, na rua Belo Horizonte, Centro. No bairro Esperanca, também foram iniciadas as obras nas ruas Açafrão e Oito. Nesta etapa, cinco novos pontos serão beneficiados.

“Esses muros estão sendo feitos em locais de extrema necessidade. Ao todo, são cinco lugares atendidos: rua Belo Horizonte, no Centro; rua Serra Miradouro, no Jardim Panorama; rua Tiago com Hebreus, no Canaã; rua Açafrão e rua Oito, no Esperança. São demandas tão antigas e a população já recebeu tantas promessas não cumpridas que nem acreditava mais. Mas, enfim, estamos conseguindo proteger os moradores”, disse o prefeito Nardyello Rocha.

Conforme a secretária de Obras Públicas do município, Elisa Figueiredo, os muros devem ser concluídos em 90 dias. “Trabalhamos com um prazo médio de três meses. Embora, por se tratar de pontos de risco, isso dependa muito das condições de tempo. Em caso de chuvas, esse prazo pode ser ampliado”, ressalvou.

Os recursos para execução dos muros, que constam em um grande programa de investimentos na cidade, são provenientes do Finisa – Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento. Foram captados pela atual gestão do município em condições especiais, junto à Caixa Econômica Federal.

fonte: PMI

próximo artigoCaratinga registra dois óbitos de pacientes diagnosticados com Covid-19
Artigo seguinteSobe para 78 o número de casos confirmados da Covid-19 em Santana do Paraíso