Sergio Moro declara apoio a Jair Bolsonaro no segundo turno

O senador eleito Sergio Moro (União-PR), anunciou nesta terça-feira o apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno das eleições presidenciais. O ex-ministro e ex-juiz da Lava Jato, afirmou que fazia isso em razão das discordâncias com o PT.

“Lula não é uma opção eleitoral, com seu governo marcado pela corrupção da democracia. Contra o projeto de poder do PT, declaro, no segundo turno, o apoio a Bolsonaro”. disse Moro.

O ex-juiz foi responsável pela condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela Lava Jato em 2016. A condenação acabou confirmada depois no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas anulada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por considerar que a 13ª Vara Federal de Curitiba era incompetente para analisar o caso e que o juiz foi suspeito em seu julgamento.

Com a eleição de Bolsonaro na disputa de 2018, da qual Lula foi retirado por conta da condenação, Moro virou ministro da Justiça. Contudo, em abril de 2020, ele rompeu com o governo e deixou o cargo, acusando Bolsonaro de interferir na Polícia Federal para proteger aliados. A relação continuou tensa até o período eleitoral, quando Moro passou a se posicionar mais positivamente a Bolsonaro em meio à disputa pela vaga ao Senado.

Fonte: O Tempo

próximo artigoTime masculino do Brasil avança às oitavas do Mundial de tênis de mesa
Artigo seguinteGalo terá a baixa de dois laterais contra o Santos; veja a lista de relacionados