Bolsonaro critica Argentina e diz que, por ele, aborto jamais será aprovado no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou nessa quarta-feira (30) a decisão do Senado da Argentina que deu direito às mulheres do país a decidirem sobre o aborto

Em um post nas redes sociais, Bolsonaro disse que “lamenta pelas vidas das crianças argentinas, sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com a anuência do Estado”.

O presidente também afirma que, se depender dele, o aborto jamais será aprovado no Brasil.

O Senado da Argentina aprovou ontem quarta-feira a legalização do aborto até a 14ª semana de gestação, uma decisão celebrada por milhares de ativistas feministas que aguardaram a votação durante mais de 12 horas nas proximidades do Congresso.

A legalização do aborto, um projeto do presidente de centro-esquerda Alberto Fernández, já havia sido aprovado na Câmara dos Deputados em 11 de dezembro e nesta quarta-feira recebeu os votos favoráveis de 38 senadores, 29 votos contrários e uma abstenção, uma margem mais ampla que o previsto.

próximo artigoGovernador Romeu Zema anuncia pagamento de nova parcela do 13º salário
Artigo seguinteJorge Oliveira é exonerado de ministério de Bolsonaro e nomeado para vaga no TCU