Cerca de 9.500 pessoas foram afetadas pela chuva em Coronel Fabriciano

Um homem, de 42 anos, morreu. De acordo com testemunhos, o homem era portador de epilepsia e desapareceu após entrar em uma área alagada, nos fundos de sua residência.

A prefeitura de Coronel Fabriciano decretou situação de emergência, em função da chuva que atingiu a cidade no fim de semana. De acordo com dados atualizados no fim da manhã desta segunda-feira, 293 estão desalojadas e 12 ficaram desabrigadas após terem suas casas parcialmente destruídas. Nesta segunda-feira, 27, foi encontrado o corpo de Fábio Damásio, 42 anos, no Rio Piracicaba, próximo ao bairro Mangueiras. Ele era procurado desde domingo. De acordo com testemunhos, o homem era portador de epilepsia e desapareceu após entrar em uma área alagada, nos fundos de sua residência. As informações são do Comitê de Crise, formado pela Defesa Civil, secretarias municipais, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

No município, as vítimas foram acolhidas e encaminhadas para a Escola Municipal Boa Vista, no bairro Santa Helena. O local também funciona como ponto de apoio para recebimento de donativos. No momento, são necessários materiais de higiene pessoal, limpeza, água e fraldas infantis. As doações podem ser entregues na Escola Municipal Boa Vista, Rua Efrem Macedo, 259, bairro Santa Helena, próximo ao Clube Casa de Campo.

Outros três pontos também recebem as vítimas das chuvas na cidade: Escola Municipal Nicanor Ataíde, no Mangueiras; Igreja do Evangelho Quadrangular, Dom Helvécio e Igreja Católica do bairro Manoel Domingos, áreas mais atingidas pela cheia do Rio Piracicaba. As famílias estão sendo cadastradas e a Prefeitura de Fabriciano está garantindo assistência integral incluindo alimentação e transporte.