Ministério da Saúde incorpora novos medicamentos ao programa Farmácia Popular

O Ministério da Saúde irá incorporar cinco novos medicamentos ao Programa Farmácia Popular do Brasil. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (29), durante o simpósio realizado pela Pasta sobre o Dia Mundial do Coração e doenças cardiovasculares. Essa é a primeira incorporação de novos remédios no programa desde 2011.

Os novos medicamentos são direcionados, principalmente, para o controle de doenças cardiovasculares, diabetes e insuficiência cardíaca. Os remédios ficarão disponíveis para a população em 30 dias após a publicação da portaria no Diário Oficial da União (DOU), prevista para ser publicada nesta sexta-feira (30).

A estimativa é que 2,7 milhões de pessoas sejam beneficadas com os novos medicamentos incorporados. Saiba quais são:

– Besilato de Anlodipino 5 mg (hipertensão arterial/gratuidade)
– Succinato de Metoprolol 25 mg (hipertensão arterial/gratuidade)
– Espironolactona 25 mg (hipertensão arterial/gratuidade)
– Furosemida 40 mg (hipertensão arterial/gratuidade)
– Dapagliflozina 10 mg (diabetes mellitus tipo 2 associada a doença cardiovascular/modalidade de copagamento)

Farmácia Popular

O Famácia Popular é um dos principais programas para distribuição de medicamentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e atende mais de 20 milhões de brasileiros.

Atualmente, o programa conta com mais de 30 mil farmácias credenciadas, distribuídas em 4.397 municípios. Entre 2018 e 2021, a quantidade de medicamentos distribuídos aumentou de 13,8 bilhões para 14,3 bilhões de unidades. Até junho deste ano, mais de 7,2 bilhões de remédios já foram entregues para a população brasileira.

Fonte: Ministério da Saúde

próximo artigoNos EUA, vítimas de abuso sexual chegam a pagar US$ 3 mil por ajuda médica
Artigo seguinteUsiminas Mecânica abre vagas para reforma do Alto-Forno 3