A prática de atividade física vai muito além do lazer, ela é essencial para a qualidade de vida. Quanto mais cedo essa prática é incentivada e se torna um hábito, maiores são os benefícios para saúde. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a prevalência de excesso de peso em crianças e adolescentes varia de 11,6% a 38,5%.

Guia de Atividade Física para a População Brasileira incentiva que crianças e jovens de 6 a 17 anos de idade incluam as atividades físicas como práticas rotineiras. As recomendações são:

  • Pelo menos 60 minutos por dia: dê preferência para as atividades que façam a respiração e os batimentos cardíacos aumentarem;
  • Em pelo menos três dias da semana, como parte dos 60 minutos diários recomendados, pratique alguma atividade que estimule o fortalecimento dos músculos e ossos, como saltar, puxar ou empurrar;
  • Reduza o tempo em que você permanece sentado ou deitado, assistindo a TV ou usando o celular;
  • A cada uma hora em comportamento sedentário, movimente-se por cinco minutos.

As atividades físicas podem trazer diversos benefícios para a saúde, dentre eles:

  • Controle do peso corporal;
  • Diminuição da chance de desenvolvimento de alguns tipos de cânceres;
  • Diminuição da chance de desenvolvimento de doenças crônicas, como diabetes (alto nível de açúcar no sangue), pressão alta e doenças do coração;
  • Melhora da disposição e promoção da interação social.

Normalmente, quanto maior a intensidade da atividade, maior é o aumento dos batimentos cardíacos, da respiração, do gasto energético e da percepção de esforço. Independente da escolha, pratique atividades físicas regularmente e evite o comportamento sedentário.

  • Leve

Exige mínimo esforço físico e causa um pequeno aumento da respiração e dos batimentos do coração. A pessoa consegue respirar tranquilamente e falar normalmente enquanto se movimenta.

  • Moderada

Exige mais esforço físico, faz respirar mais rápido que o normal e aumenta moderadamente os batimentos do coração. A pessoa consegue conversar, mas com dificuldade enquanto se movimenta.

  • Vigorosa

Exige um grande esforço físico, faz respirar muito mais rápido que o normal e aumenta muito os batimentos do coração. A pessoa não consegue conversar enquanto se movimenta.

Fran Martins
Ministério da Saúde

próximo artigoLula faz caminhadas no Rio de Janeiro e em Salvador
Artigo seguinteArtrite reumatoide: diagnóstico e tratamento imediato são fundamentais para controle da dor nas articulações
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários