Anvisa se reúne com Pfizer nesta terça-feira (12)

Encontro virtual ocorreu às 10h; agência afirma que esclareceu dúvidas e orientou sobre uso emergencial da vacina contra a covid

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) se reuniu nesta terça-feira (12) com a Pfizer, às 10h, para tratar sobre a vacina contra a covid-19. “Durante o encontro, representantes da Anvisa esclareceram dúvidas e orientaram os representantes da empresa sobre o pedido de uso emergencial para a vacina contra covid-19 no Brasil. O encontro virtual encerrou sem que a decisão pelo pedido de uso emergencial tenha sido tomada”, afirmou a Anvisa, por meio de nota.

A agência ressaltou que a “Pfizer é uma das quatro vacinas em teste no Brasil e tem mantido reuniões regulares com a Anvisa.”

O Instituto Butantan, que vai produzir a CoronaVac no Brasil, e a Fiocruz, que desenvolverá a vacina de Oxford, já solicitaram pedido de uso emergencial à Anvisa. Ambos foram realizados na sexta-feira (8). A Anvisa tem 10 dias (até o próximo domingo) para aprovar as solicitações. 

O Ministério da Saúde está em processo de negociação com a Pfizer, Moderna, Janssen, Instituto Gamaleya e Barat Biotech para adquirir mais vacinas contra a covid-19 – a pasta já tem acordo de compra com a AstraZeneca (vacina de Oxford) e Instituto Butantan (CoronaVac).

A Pfizer foi a primeira vacina contra a covid-19 aprovada no mundo ocidental, começando a imunização contra a doença no Reino Unido em 8 de dezembro. Atualmente, ela é aplicada por meio de uso emergencial em diversos países, entre eles Estados Unidos e Chile.