Os vereadores de Ipatinga aprovaram, na semana passada, o projeto de lei (PL nº 31/20) que garante o funcionamento de centros comerciais, shopping centers, academias, restaurantes, lanchonetes e bares possam funcionar durante a crise. O projeto já foi enviado à prefeitura para sanção ou veto do chefe do executivo. Além disso, o promotor de Justiça Rafael Pureza se reuniu com os procuradores da prefeitura e da Câmara para destacar as consequências de uma eventual sanção ou promulgação por parte da Câmara do projeto de lei. O prefeito adiantou ao ZUG que vai tomar a decisão pautada na determinação judicial quanto à obrigação do município de respeitar a Deliberação estadual número 17. Confira os detalhes na reportagem.

próximo artigoRotatória do Cariru recebe asfalto e deve ser liberada nos próximos dias
Artigo seguinteDecisão na Justiça libera voto para conselheiros expulsos sem distinção de urna no Cruzeiro