Operação integrada resgata 330 aves silvestres de aviários ilegais no leste de Minas

Cerca de 330 aves silvestres mantidas ilegalmente em criadouros amadores foram apreendidas durante a Operação Falsários I, realizada na última semana em seis municípios do Leste de Minas. A ação conjunta entre estado e União interditou 25 aviários, autuou 40 criadores e emitiu 48 Autos de Infração que, juntos, somam R$ 897 mil em multas ambientais aplicadas. As diligências foram realizadas em Ipatinga, Timóteo, Caratinga, Governador Valadares, Vargem Alegre e Inhapim e foram conduzidas pelo Ibama, em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad).  Polícia Militar e Corpo de Bombeiros também participaram da operação. Uma das diligências realizadas durante a operação chamou a atenção dos agentes pela quantidade de aves em situação irregular identificadas. Um criador do município de Ipatinga matinha ilegalmente 81 pássaros ameaçados de extinção em cativeiro. Os pássaros resgatados, entre eles espécies ameaçadas de extinção como o Curió e o Bicudo, receberam os primeiros cuidados veterinários e foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) de Juiz de Fora, na Zona da Mata.

próximo artigo1ª Conferência de Saúde Mental em Santana do Paraíso abre inscrições nesta quinta (07)
Artigo seguinteBB torna-se primeiro banco a oferecer iniciação de pagamentos com Pix