Ministério Público fornece dicas para evitar golpes pela internet

São muitos os casos que ouvimos sobre extorsão e estelionato via internet, principalmente por meio do whatsapp. Todos nós estamos sujeitos a sermos vítimas destes golpes que se tornaram corriqueiros. Só em Minas Gerais, houve quase 33 mil ocorrências, entre janeiro e setembro desse ano. Esta estatística é um levantamento da Coordenadoria Estadual de Combate aos Crimes Cibernéticos, órgão do Ministério Público de Minas Gerais.

Nesse tipo de golpe, o criminoso se passa por parente da vítima, e após a troca de mensagens, ganha a confiança de quem está do outro lado da linha. Daí, o criminoso consegue convencer a pessoa a efetuar transferências ou depósitos. As desculpas são as mais diversas. A vítima acredita na história e acaba fazendo a movimentação financeira solicitada pelo estelionatário.

O promotor de Justiça, Mauro Ellovich da Fonseca, explica como têm funcionado estes golpes, como se prevenir e o caso fazer, caso você tenha sido vítima.

próximo artigoTimóteo realiza “Dia D” de Multivacinação Municipal no sábado, dia 20
Artigo seguinteDirigentes estaduais dão ‘carta branca’ para Valdemar Costa Neto filiar Bolsonaro no PL