Ministério Público de Minas Gerais denuncia ex-prefeito de Ipatinga e dois ex-secretários municipais por utilizarem serviço público para promoção pessoal

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) denunciou o ex-prefeito de Ipatinga, Nardyello Rocha, e dois ex-secretários de Comunicação do Município por utilizarem indevidamente dinheiro e estrutura pública para a promoção pessoal do ex-chefe do Executivo. Conforme apurado, os três foram responsáveis por publicar e distribuir, em Ipatinga, em 2020, o material informativo “Ipatinga em movimento”.

A denúncia aponta que eles praticaram o delito tipificado no artigo 1°, inciso II, do Decreto Lei n. 201/1967, segundo o qual é crime de responsabilidade dos prefeitos municipais a utilização indevida, em proveito próprio ou alheio, de bens, rendas ou serviços públicos.

Assista à reportagem e saiba mais!

próximo artigoConfira os dados sobre a Covid-19 no Vale do Aço
Artigo seguinteTite convoca zagueiro Felipe para substituir Lucas Veríssimo lesionado