Câmara de Ipatinga analisa projeto de lei que prevê reposição salarial para servidores públicos

A Câmara de Ipatinga vai analisar o projeto de lei enviado pelo Executivo que prevê recomposição salarial de 4,5% para os servidores públicos municipais, a partir de 12 de setembro. O impacto financeiro estimado pelo governo é de 22 milhões de reais no orçamento de 2022.

A proposta estabelece 4,5% de recomposição de forma escalonada, sendo 3% a partir de 12 de setembro e 1,5% a partir de janeiro do ano que vem.
O texto contempla ainda o pagamento de retroativo de 1% em relação ao período entre janeiro e agosto de 2021, em parcela única, a ser paga em até 30 dias da data da publicação da lei.

A presidente do SINTSERPI – Marcione Menezes, esclarece que a proposta não contempla a expectativa da categoria. Segundo ela, as perdas salariais foram superiores aos valores oferecidos pelo Executivo.

próximo artigoMunicípio de Timóteo aplica 2ª, 3ª doses e repescagem contra a Covid-19, além de atualizar cartão de vacinação de crianças e adolescentes
Artigo seguinteLa Palma registra tremor de magnitude 4,5 – o maior até agora