Analista de políticas públicas comenta sobre o papel dos jovens nas eleições de 2022

O número de eleitores de 16 e 17 anos, em Ipatinga, aumentou 14% em março em relação a fevereiro. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na cidade são 801 eleitores nessa faixa etária. E os partidos políticos estão em busca do jovem eleitor, que pode votar mas ainda não é obrigado. O desafio é despertar o interesse desse novo eleitor pela política e conquistar o seu voto. Nesta entrevista, o analista de politicas públicas, Léo Patrick, comenta sobre como anda o atual interesse dos brasileiros, em especial os jovens, pela eleições. Acompanhe a análise!

Lembrando que serviços como emissão da primeira via do título (alistamento), mudança de município (transferência), alteração de dados pessoais, mudança do local de votação por justificada necessidade de facilitação de mobilidade e revisão para a regularização de inscrição cancelada podem ser feitos, remotamente, por meio do sistema Título Net, até 04 de maio.

próximo artigoBolsonaro nomeia Victor Godoy Veiga novo ministro da Educação, em substituição a Milton Ribeiro
Artigo seguinteHomem embriagado causa transtornos em Ipatinga: dá tiros, bate carro e causa danos à viatura da PM