Localizada no bairro Bom Jardim, a Escola Municipal Levindo Mariano recebe nesta semana uma série de atividades que tem como foco a prevenção do suicídio entre jovens estudantes. A iniciativa é da vereadora Márcia Perozini, relatora da Comissão de Educação da Câmara Municipal de Ipatinga. A proposta, de acordo com a parlamentar, é falar abertamente sobre a valorização da vida. “E não somente com os alunos. Os pais também participarão das discussões. Durante toda a semana, colocaremos à disposição um plantão psicológico na escola para atender pais e alunos, entre outras iniciativas”, diz a vereadora Márcia Perozini.

O tema será abordado dentro da Semana de Educação pela Vida, por meio do projeto Sala Viva, de autoria da parlamentar.  Profissionais de psicologia serão disponibilizados em parceria com a Faculdade Única. A psicóloga Jany Mara Bartolomeu dará uma palestra aos pais na quinta-feira (9). Ela já esteve na Câmara de Ipatinga palestrando sobre o tema no Setembro Amarelo, uma campanha nacional de prevenção ao suicídio.

Essa é a terceira vez que a vereadora Márcia Perozini leva o trabalho de prevenção de suicídio para dentro das escolas. As Escolas Estaduais Canuta Rosa, no Cidade Nobre, e Wilson Alvarenga, no Canaã, receberam edições do projeto em 2018. Além da vereadora Márcia Perozini, também fazem parte da Comissão de Educação da Câmara os vereadores Adiel Oliveira (presidente) e Lene Teixeira (vice-presidente).

Mais

Segundo estudos na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a taxa de suicídio entre adolescentes no Brasil cresceu nos últimos anos. Entre 2006 e 2015, esse índice teve aumento acumulado de 24%. Um cenário que levou o Ministério da Saúde a divulgar, em 2017, pela primeira vez, um Boletim Epidemiológico de Tentativas de Suicídios e Suicídios Consumados no Brasil. Em 2018, foi registrado um caso de suicídio de um estudante no município de Ipatinga.

próximo artigoManifestação de motoristas de aplicativos no Vale do Aço
Artigo seguinteCruzeiro leva gol no fim, é derrotado pelo Emelec e corre risco de ‘perder’ melhor campanha na fase de grupos da Libertadores