Usiminas e parceiros divulgam Edital 2023 para o Mobiliza

A Usiminas realizou ontem (3), no Centro Cultural Usiminas, a apresentação para o Edital Mobiliza 2023. O objetivo do evento foi informar sobre a nova ferramenta e gestão para cadastro de novos participantes no programa Mobiliza. Cerca de 80 prefeitos e técnicos das prefeituras dos municípios do Vale do Aço participaram do encontro. No próximo ano, o cadastro das prefeituras para participar do programa deverá ser realizado exclusivamente no sistema da Usiminas que já está disponível no site caminhosdovale.usiminas.com. As informações dos gestores públicos e seus representantes, deverão ser preenchidas, juntamente com a documentação e todo processo de aprovação on-line para elaboração do contrato das prefeituras com a Usiminas para receberem a doação do agregado siderúrgico.

Durante o encontro, o diretor de Sustentabilidade e Relações Institucionais da Usiminas, André Chaves, falou sobre os propósitos de sustentabilidade da companhia e a importância da preservação do Meio Ambiente e do desenvolvimento da Economia Circular.

“Agradecemos aos parceiros que somam esforços à Usiminas para a transformação das vidas, que é o mais importante. Nesse ano que a companhia completa 60 anos, a nossa proposta é olhar para frente com esse programa, com sua continuidade ainda mais forte, especialmente com melhorias na governança e na transparência”, ressaltou André Chaves.

Os representantes do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário do Vale do Aço (CIMVA) e do Instituto Interagir, parceiros técnicos dos programas, também participaram do evento. O programa atua no tripé de sustentabilidade: ambiental (utilização adequada dos recursos renováveis, gestão eficiente dos resíduos), econômico (melhoria de infraestrutura) e social (proximidade com a comunidade e contribuição com seu desenvolvimento).

Na oportunidade, foi apresentado, também, o projeto da reforma do Alto-Forno 3 em 2023, com foco principal na abertura de oportunidades de trabalho, com mais de 8 mil vagas previstas no pico da obra. O investimento será oportunidade para capacitação das pessoas dos diversos municípios da região, com um legado de desenvolvimento.

Dados Mobiliza:

– Mais de 3,5 milhões de toneladas de agregado siderúrgico doadas

– Mais de 4.600 quilômetros de estradas rurais recuperadas

– Mais de 1,3 milhões de pessoas beneficiadas

– 60 municípios beneficiados

– 5.265 nascentes cadastradas

– 1.484 nascentes protegidas

próximo artigoMinistro da Saúde pede que pais vacinem filhos contra a poliomielite
Artigo seguinteIpatinga anuncia novas ações preventivas para o período chuvoso