Timóteo recebe doses da vacina pentavalente

Quantidade encaminhada pelo Estado não é suficiente para atender a demanda reprimida (Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)

A Secretaria de Saúde e Qualidade de Vida de Timóteo recebeu uma remessa da vacina pentavalente na semana passada. Ao todo, foram disponibilizadas 300 doses da vacina pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Distribuída pelo Ministério da Saúde, a vacina estava em falta desde novembro do ano passado. 

De acordo com o setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, as doses foram distribuídas para todas as unidades de saúde que contam com salas de vacinação. A previsão é de que a disponibilização da vacina seja normalizada até o final do mês de fevereiro. A estimativa de aplicação da vacina é de cerca três mil doses por ano, abrangendo um público de 980 crianças menores de um ano.

A vacina pentavalente protege as crianças contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite causada pela bactéria Haemophillus influenzae. A vacina é aplicada em três doses nas crianças de 2, 4 e 6 meses de vida. Em função da demanda reprimida, a quantidade fornecida pelo Estado não deve ser suficiente para atender aos usuários este mês. Por mês, a média de vacinas aplicadas é de 250 doses. 

Para não deixar as crianças desprotegidas durante o desabastecimento, a Vigilância Epidemiológica substituiu, atendendo determinação do
Estado, a pentavalente pela aplicação da vacina DTP (Tríplice bacteriana – Difteria, Tétano e Coqueluche) mais a de hepatite B. 

Salas de vacina

As unidades básicas de saúde com salas de vacina são: Sede, Primavera, João XXIII, Timotinho, Ana Moura, Cachoeira do Vale, Alegre, Limoeiro e Macuco.