Mais uma edição do Projeto Tenda Literária, festival de literatura itinerante, foi concluído no último fim de semana na Praça 1º de Maio, onde o evento esteve em cartaz desde a última quinta-feira (17). O evento recebeu um público de mais de 3 mil pessoas no município, abrangendo 16 escolas das redes de ensino municipal, estadual e particular, além da comunidade. Em sua extensa programação, constaram a disponibilização de uma infinidade de livros para alunos e professores do município e público em geral, a realização de brincadeiras antigas e a apresentação de tradicionais cantigas de roda pelo Grupo Animarte, encenações de espetáculos teatrais com os personagens Ariela e Dado, e contação de histórias, com a atriz Raquel Flora Manga, Professora Kakau, Nena de Castro, Dama Espaço Cultural e Grupo Historiarte. 

Jogos pedagógicos e lúdicos apresentados pelo Instituto Ideia, também figuraram entre as atrações da Tenda Literária. Confeccionados a partir do reaproveitamento de madeira, os jogos são uma ferramenta que ajuda as crianças a desenvolver sua cognição, a coordenação motora e a criatividade. 

Outro projeto, o Kombixadrez, também marcou presença na feira literária, com a apresentação de um tabuleiro gigante disponibilizado para quem desejou aprender a jogar.

A Prefeitura de Timóteo participou do evento com duas tendas que abrigaram o projeto Descortinar, focado na em aulas de literatura com o objetivo de promover atividades diferenciadas e potenciais  para estimular nos alunos o interesse pela aquisição de  conhecimentos. A iniciativa privilegia a estética e a ludicidade, que ganham espaço nas aulas ministradas pelos professores de Biblioteca em todas as salas de aula da rede municipal, da Educação infantil ao 9° ano.

O Espaço de Leitura foi uma atração estreante da Tenda, um lugar aconchegante onde o público pôde conhecer obras literárias de autores e artistas da região do Vale do Aço. “Essa novidade vem dar mais visibilidade aos nossos talentos regionais e estimular a leitura de forma prazerosa, divertida”, observa Bruno Minafra, da Criativo Produções, que assina a produção do evento.

CULTURA

A Tenda Literária tem como propósito ampliar o acesso à cultura, especialmente, a crianças de 6 a 10 anos de idade, além de incentivar o hábito da leitura e promover atividades de lazer gratuitamente para os estudantes.

O projeto é viabilizado com patrocínio da Aperam South America, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e conta com o apoio da Fundação Aperam Acesita e Prefeitura Municipal de Timóteo, com a realização da Criativo Produções, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo.

“Os livros são fundamentais em nossa vida. Por meio deles, os conhecimentos são difundidos, e a educação se torna efetiva. Nesse sentido, a Feira Literária é grandemente importante. Além de motivar a leitura, o evento promove a interação das crianças entre si, com os professores, com os personagens interpretados por nossos atores, com a comunidade. Os estudantes são estimulados a descobrir novos títulos, a ler com mais assiduidade. Para a Aperam, é uma satisfação poder participar desse momento cultural tão rico para todos”, comenta o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino, que avalia positivamente mais essa edição da Feira.

Rafaela Laíssa, do 5º ano da Escola Municipal Alves de Carvalho, disse que gostou muito da Tenda Literária. “Nós nos divertimos, passeamos, conhecemos livros que a gente não conhecia ainda”.

A atriz Mari Antonaci encarnou a personagem Ariela, que exibiu o seu espetáculo Show da Ariela. Mari também atuou como cerimonialista do evento. Ariela se apresentou dizendo que ela não é uma personagem de livro, mas da vida real, de histórias inventadas por ela e que são as suas preferidas. “Tudo o que não invento é falso”, disse a atriz, referenciando o poeta brasileiro Manoel de Barros.

Outra atriz, Daniela Alves (Dama), observa a relação do teatro com a literatura. “A partir do teatro, conseguimos mostrar às crianças, que ainda não vivenciaram o ato de ler, o quanto é boa, rica essa experiência, de viajar por meio do que se lê, ir a qualquer lugar sem nunca estar só”.

O professor da rede municipal, Jacson Almeida, diz que a feira literária impacta positivamente o projeto literário que ele desenvolve com seus alunos. “Aqui temos uma extensão das atividades realizadas na escola, mas em um ambiente mais lúdico, diferenciado, com mais livros, jogos. As crianças saem daqui maravilhadas e mais interessadas em ler”.

O jornalista Jéferson Rocha participou da feira na pele do urso Banha, interagindo com o público e animando as crianças a participarem de todas as atrações da Tenda. Ele avaliou o evento como muito positivo, “por levar as crianças ao universo da literatura por meio do teatro, de atividades que promovem bons momentos de aprendizagem e diversão”.

A escritora Nena de Castro, encarnada em sua personagem Jujuba, destaca que os livros têm o poder de ensinar, de despertar a criatividade, a imaginação, ampliar o vocabulário dos leitores e favorecer a compreensão do mundo, capacitá-los para entender os problemas de um país e ajudar a buscar soluções para essas questões. “Ter acesso a tudo que a Tenda oferece em um espaço ao ar livre é maravilhoso. Este evento é o lugar dos bons encontros com livros, histórias, pessoas e de abraços”, concluiu.

próximo artigoNeymar realiza exames em hospital para avaliar lesão
Artigo seguinteOperação da Polícia Militar apreende 233 barras de maconha em Coronel Fabriciano
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários