Durante o último fim de semana, a Prefeitura de Ipatinga intensificou as ações preventivas para erradicar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti nas 21 Unidades Básicas de Saúde (UBS’s). Os Agentes de Combate a Endemias (ACEs) realizaram uma varredura mais detalhada, concentrando-se na retirada de materiais que possam servir como focos do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Além disso, estão aplicando larvicidas em objetos e estruturas que não podem ser removidos.

O prefeito Gustavo Nunes enfatizou a importância dessas medidas para garantir a segurança dos pacientes e de toda a população. “Estamos comprometidos em assegurar um ambiente seguro e saudável para nossos usuários. A intensificação das vistorias e a aplicação de medidas preventivas são passos fundamentais para combater o Aedes aegypti e proteger nossa população”, disse.

Intensificação de ações

Além das vistorias nos prédios públicos, a prefeitura está fortalecendo o combate às arboviroses com mutirões de limpeza urbana, abrangendo córregos, galerias e bueiros. Campanhas contra o vetor e a conscientização em residências e instituições públicas e privadas também fazem parte das iniciativas, assim como o carro fumacê percorrendo os bairros da cidade.

A Secretaria de Saúde reforça que atua em várias frentes visando a preservação da saúde pública e a segurança da comunidade, adotando medidas proativas para combater as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

A Prefeitura de Ipatinga reitera o compromisso com a saúde pública e solicita a colaboração da população para ajudar na eliminação dos focos dentro das residências. As denúncias de descarte irregular de lixo e foco do mosquito Aedes aegypti podem ser feitas pelo aplicativo “Fala Ipatinga”.

próximo artigoSuprema Corte dos EUA decide que Trump é elegível no Colorado
Artigo seguinteLula discute parcerias em infraestrutura com banco asiático

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here