Foto: divulgação

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente de Ipatinga, no Vale do Aço, reuniu com a Usiminas na terça-feira (1º), para tentar celebrar acordo sobre a poluição por partículas sedimentáveis na cidade. Diante da falta de consenso, o MPMG estabeleceu o dia 18 de outubro como data final para as tentativas de negociação.

Conforme as investigações, vários bairros de Ipatinga sofrem com uma grande deposição de partículas sedimentáveis, conhecidas na cidade como “pó preto”. O MPMG investiga o problema desde agosto de 2016, já tendo sido constatado que, em diversos locais do município, ocorre deposição de partículas sedimentáveis em índices muito superiores ao máximo permitido. No entanto, a empresa, instalada na região central da cidade, tem evitado durante todo esse tempo assinar qualquer compromisso relacionado à solução do problema, informa o promotor de Justiça Rafael Pureza.

No dia 23 de agosto, o MPMG apresentou a Usiminas mais uma proposta de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para que a empresa assuma a obrigação de instalar um sistema de monitoramento das partículas sedimentáveis e reduzir os seus níveis de emissão do poluente, contribuindo para a melhoria nos índices de qualidade do ar da cidade.

Na reunião desta terça-feira, a Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente se posicionou com a empresa, afirmando que é inegociável que eventual acordo contemple a criação de um sistema de monitoramento permanente das partículas sedimentáveis e que exista o compromisso da empresa de reduzir as emissões do poluente. Foi solicitado à siderúrgica que apresente os resultados referentes à deposição do “pó preto” em diversos bairros da cidade.

De acordo com Rafael Pureza, a assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta permitirá que sejam realizados estudos aprofundados sobre a quantificação e qualificação do poluente, sua origem e métodos de controle na fonte, contribuindo para que seja equacionada uma grande demanda ambiental de Ipatinga.

próximo artigoCom três gols anulados pelo VAR, Grêmio e Flamengo empatam primeiro jogo
Artigo seguinteEstado estudará autorização de emissão de CRLV em despachantes
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários