Região realiza I Fórum Regional de Políticas Públicas sobre álcool, tabaco e outras drogas do Vale do Aço

O município de Ipatinga estará representado por quatro Secretarias Municipais (Saúde, Segurança e Convivência Cidadã, Educação e Assistência Social) no I Fórum Regional de Políticas Públicas sobre Álcool, Tabaco e outras Drogas, programado para os dias 20 e 21 de setembro, terça e quarta-feira da próxima semana, de 8h às 18h, no Teatro João Paulo II, do Unileste (Av. Pres. Tancredo de Almeida Neves, 3500, B – Morada do Vale B, Cel. Fabriciano).

O encontro é uma parceria entre a Organização da Sociedade Civil (OSC) ABRAÇO, as quatro Prefeituras da Região Metropolitana do Vale do Aço (Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo e Santana do Paraíso) e os Conselhos Municipais de Políticas Públicas sobre Drogas de Ipatinga e Coronel Fabriciano (COMPPUD’s).

A assistente social da Prefeitura de Ipatinga, Isabela Blank Campos, da Secretaria de Segurança e Convivência Cidadã (SESCON), que divide a presidência da comissão organizadora com Letícia Fernandes Godinho, Secretária de Governança de Assistência Social de Coronel Fabriciano, o fórum objetiva discutir e alinhar entendimentos acerca das políticas públicas sobre álcool, tabaco e outras drogas, de forma que toda sociedade, governos, trabalhadores, autoridades, estudiosos e usuários das políticas sejam integrados no debate.

De acordo com os organizadores, uma carta aberta será elaborada como resultado das discussões, que serão divididas em três temas: prevenção, tratamento e reinserção.

Terão como palestrantes do encontro a Subsecretária de Políticas Públicas sobre Drogas do Estado de Minas Gerais, Soraia Romina, Karine Zago Valente, Diretora de Prevenção e Mobilização Social do Estado de Minas Gerais, a professora Dra. Ana Lúcia Brunialti Godard, Doutora em Genética Humana e professora da Faculdade de Medicina da UFMG, Ronaldo Viana da Terra da Sobriedade, Luzmarina Morelo – Psiquiatra, Professora Preceptora da residência de psiquiatria do HOB PBH.

As inscrições para o Fórum podem ser feitas por meio do link https://redeabraco.ong.br/forum-regional/

próximo artigoFim da pandemia de covid-19 está à vista, diz diretor-geral da OMS
Artigo seguinteMedicamento para tratar câncer de mama é incorporado ao SUS