Quatro dias após explosão do gasômetro, mais um registro de acidente grave na Usiminas

Na manhã de segunda-feira (13), um funcionário de uma empreiteira da Usiminas sofreu um grave acidente enquanto realizava a manutenção programada na área da sinterização da siderúrgica, instalada em Ipatinga. Ricardo Alves Porfiro, 36 anos, eletricista, foi socorrido e encaminhado ao Hospital Márcio Cunha. Em comunicado da Fundação São Francisco Xavier, fomos informados que ele teve amputação em um dos braços , passou por cirurgia e o quadro é estável.

Em nota a FSFX ressalta que a sinterização da Usiminas não tem ligação com as áreas das ocorrências anteriores e que a empresa já está apurando as circunstancias do acidente.

PMT

A Procuradoria Regional do Trabalho – 3ª Região, com sede em Coronel Fabriciano, ciente dos acidentes, ocorridos dentro da Usiminas, atualmente move ação civil pública contra a empresa em razão de outro acidente de trabalho. Além disso existem diversos inquéritos em tramitação decorrentes de acidentes de trabalho na usina siderúrgica, em Ipatinga. A incidência vem ocorrendo desde 2016 e diante dos fatos ocorridos, principalmente após a explosão do gasômetro que vitimou 34 feridos, no dia 10/08, o MPT pretende intensificar sua fiscalização das questões envolvendo o meio ambiente do trabalho em relação à Usiminas e suas empreiteiras. Os procuradores do Trabalho Adolfo Siva Jacob e Túlio Mota acompanham a situação e planejam trabalhar em conjunto para resguardar a saúde e garantir a integridade física e a própria vida dos trabalhadores.