Projeto Mãos Dadas: 5,2 mi para construção de uma nova escola no bairro Cidade Nova

Escola para o Jardim Vitória está em fase de projeto. Governo estuda construir unidade também no Parque Caravelas

O projeto de lei de autoria do Executivo que autoriza a adesão de Santana do Paraíso ao programa Mãos Dadas, do governo de Minas, foi aprovado pela Câmara Municipal nesta quarta-feira (14/07). O projeto transfere a gestão administrativa, financeira e operacional do atendimento dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) da Escola Estadual Herbert José de Souza (Betinho), localizada no bairro Cidade Nova, da rede estadual para a rede municipal.  

O projeto, que desde janeiro vem sendo discutido pelo município com a Superintendência Regional de Ensino, é amplamente favorável para Santana do Paraíso. Com a aprovação, o município vai receber, do governo do Estado, o valor de R$ 5.250.000,00 para a construção de uma nova unidade escolar, no bairro Cidade Nova. Além disso, o município passará a receber R$ 2 milhões a mais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb).

Para o prefeito Bruno Morato, a adesão ao projeto Mãos Dadas é uma grande vitória. “Além de resolver o problema de falta de vagas no Cidade Nova, vamos poder investir mais, para melhorar a educação no município. Como a escola do Cidade Nova será construída com recursos do governo do Estado, o município terá fluxo de caixa para construir outra escola”, antecipa o prefeito.

O projeto Mãos Dadas foi aprovado pela Câmara Municipal por 8 a 2. Os dois vereadores que votaram contra foram Manoelzinho e Láercio. Votaram a favor Agnaldo Coxinha, Alber Dias, Alexandre Coutinho, Claudimar Alves, Elton Detetive, João da Ambulância, Nenem Fuscão e Vagner da Laje. O presidente da Câmara, Alessandro Fábio, que é favorável ao projeto, votaria apenas se houvesse necessidade de desempate.

Escola no Jardim Vitória

A construção de uma escola municipal no bairro Jardim Vitória também é compromisso do atual governo e está em fase de projeto. Conforme Bruno Morato, na próxima semana o município vai enviar uma planilha ao Estado com o detalhamento do investimento, visando a obter recurso para viabilizar a obra.

Escola no Parque Caravelas

Ainda de acordo com o Bruno Morato, com a adesão ao projeto Mãos Dadas, Santana do Paraíso terá fluxo de caixa, o que permitirá a construção de outra escola municipal, possivelmente no bairro Parque Caravelas. “Nossa administração reconhece a necessidade de resolvermos o déficit de vagas na educação básica também no Parque Caravelas. Por isso estamos estudando a possibilidade de contemplar o bairro também”, afirma o prefeito.

próximo artigoInjeção sem Dor? Fundação São Francisco Xavier cria dispositivo para acabar com a dor na hora da injeção
Artigo seguinteUFRJ desenvolve teste de baixo custo para detecção de covid-19