Programa de Educação Empreendedora do Sebrae contempla jovens do Vale do Aço, em 2019

Cerca de 2.700 alunos, das cidades de Belo Oriente, Coronel Fabriciano, Ipatinga e Marliéria foram impactados pelas ações do projeto (Foto: divulgação)

Ao longo do ano de 2019, a Regional Rio Doce e Vale do Aço do Sebrae Minas realizou diversos projetos e ações, pautados na capacitação e na promoção do desenvolvimento socioeconômico dos municípios, no avanço das micro e pequenas empresas, no incentivo ao turismo, dentre outras atividades.

Educação Empreendedora também ganhou destaque dentro da programação da regional em 2019.  Durante todo o ano, a microrregião de Ipatinga realizou diversas ações por meio do Programa Nacional de Educação Empreendedora (PNEE) do Sebrae. A iniciativa tem o objetivo de ampliar, promover e disseminar o tema nas instituições de ensino, com o propósito de consolidar a cultura empreendedora na educação. Cerca de 2.700 alunos das cidades de Belo Oriente, Coronel Fabriciano, Ipatinga e Marliéria foram contemplados com as ações do projeto.  Cento e sessenta professores foram capacitados e dezenove escolas foram integradas às atividades.

Uma das principais ações foi a formação da primeira turma do Núcleo de Empreendedorismo Juvenil (NEJ), em Belo Oriente. Cerca de 80 alunos concluíram o curso Técnico em Administração, com ênfase em gestão de negócio. O projeto foi fruto de uma parceria entre o Sebrae Minas, a Escola do Sebrae de Formação Gerencial (EFG), o Instituto Cenibra, a Prefeitura de Belo Oriente e a União Brasileira de Educação Católica (UBEC). O NEJ tem como objetivo formar jovens na área de gestão de empresas, desenvolvendo competências empreendedoras e conhecimentos em Administração.

Para a analista do Sebrae, Nayara Aguilar, a educação, o empreendedorismo e a cultura empreendedora são temas importantes no cenário de atuação territorial para desenvolver o capital empreendedor e gerar transformações para a sociedade. “Para elevarmos o nosso patamar da educação e da inovação, precisamos de jovens empreendedores protagonistas e com competências múltiplas, que sejam criativos, colaborativos e que tenham pensamento crítico e resiliência”, destaca a analista.

Ainda segundo a analista, outras seis capacitações voltadas para a Educação Empreendedora foram realizadas durante o ano. São elas: Oficina de Educação Empreendedora – Feira do Jovem Empreendedor, Curso Crescendo e Empreendendo, Disciplina de Empreendedorismo e Inovação, Curso sobre Estratégias Educacionais Vivenciais e Oficina de Educação Financeira.

Jovens Protagonistas do Futuro

Outro grande destaque da microrregião em 2019 foi o evento Jovens Protagonistas do Futuro. A ação, realizada no mês de novembro, foi desenvolvida em parceria com a Prefeitura Municipal de Ipatinga e  reuniu 132 educadores e 4.140 alunos, matriculados em 29 escolas da rede de ensino municipal de Ipatinga.

O objetivo foi promover o conhecimento e conectar pessoas com objetivos comuns, capazes de estimular a busca e a criação de modelos de negócios inovadores, quebrando o paradigma que existe idade para empreender. Os alunos tiveram a oportunidade de expor 15 trabalhos. Dentre os projetos apresentados, três escolas se destacaram e receberam premiações. O evento contou com a presença do jovem empreendedor internacional Davi Braga.