Prefeitura estuda novas melhorias para o trânsito na região do Canaã

O PREFEITO recebeu os representantes da Rede Comércio Canaã na tarde de terça-feira

A Prefeitura de Ipatinga vai realizar uma série de simulações no trânsito da avenida Selim José de Salles e ruas adjacentes, dentro dos próximos dias, para testar mudanças reclamadas pela comunidade. O objetivo é proporcionar mais segurança a motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres que trafegam pelas vias, assim como eliminar congestionamentos e assegurar fluidez ao deslocamento dos veículos.

A medida foi definida pelo prefeito Nardyello Rocha na tarde de terça-feira (18), ao receber em seu gabinete um grupo de lojistas representante da Rede Comércio Canaã, que reúne mais de 400 comerciantes estabelecidos na região. Conforme o gestor, as demandas apresentadas deverão ser analisadas tecnicamente e, caso haja comprovação de eficácia, serão atendidas em curto prazo. “É nossa filosofia de governo dar respostas rápidas, especialmente para as questões mais urgentes e, antes que este trabalho seja realizado, me disponho a ir aos locais, juntamente com uma comissão da comunidade, para checar pessoalmente os problemas apontados”, disse o Executivo.

A Rede Comércio Canaã é presidida pelo empresário do setor ótico, Euler Faber de Andrade, e oito de seus líderes participaram da reunião com o prefeito. Conforme os lojistas, as reivindicações “têm sido apresentadas há quatro anos, sem solução do poder público”.

‘Onda Verde’

Acompanhado do secretário de Governo, Carlos Lima, o prefeito transmitiu aos comerciantes a sua determinação de manter um diálogo permanente com as entidades e associações organizadas, visando maior agilidade e eficiência nas ações administrativas. Ele adiantou que o tráfego na avenida Selim José de Salles já deverá ser bastante beneficiado pela implantação da ‘Onda Verde’ nos semáforos, desde o bairro Jardim Panorama até o Bethânia. Outra perspectiva é de que a região também possa ser incluída no sistema de estacionamento rotativo. “Tivemos 15 empresas que se candidataram a participar do processo licitatório e oito delas foram habilitadas. Dentro dos próximos dias teremos a ganhadora e então entraremos em contagem regressiva para a adoção do procedimento, inteiramente digital. Os usuários terão o conforto de reservar suas vagas por meio de um aplicativo telefônico”, adiantou o prefeito.

‘Cidades Inteligentes’

Nardyello lembrou ainda que com a implantação de luminárias de LED em 100% das vias do município garante a Ipatinga a inclusão no seleto grupo das ‘Cidades Inteligentes’. “Integrada a outras metrópoles mundiais como Xangai e Hong Kong – explicou o Executivo –, ela estará credenciada a dispor de um avançado sistema de vigilância virtual que certamente trará efeitos muito positivos na inibição de furtos e outros crimes contra o patrimônio”.

O prefeito informou ainda que o governo municipal já duplicou e pretende quadruplicar as equipes que trabalham com o revigoramento das sinalizações horizontais nas vias públicas, priorizando os locais de maior movimento de pedestres. Ele acrescentou que já foram identificados os vários pontos em que a ciclovia da avenida Selim José de Salles apresenta danos, para que o piso seja recuperado, lembrando que alguns dos problemas foram gerados pelas próprias árvores plantadas, inadequadas para os passeios. “Por isso, já realizamos 80% de um recenseamento arbóreo na cidade, visando o replantio de espécies. As áreas públicas serão dotadas de árvores mais adequadas, com no máximo quatro metros de altura e caracterizadas por raízes profundas, que não danificam as calçadas. Os próprios moradores estão sendo consultados, podendo escolher entre dez espécies. É um trabalho bastante amplo, que mudará completamente a paisagem de nossa cidade”, detalhou.

150 mil veículos

Os comerciantes também reivindicaram uma rotatória para a região do supermercado Bretas e a instalação de uma academia ao ar livre, além de pintura de vagas específicas para motocicletas e iluminação especial para a pista de ciclovia. Outra solicitação foi para instalação de passagens elevadas em certos pontos. Conforme o prefeito, “para que se tenha uma ideia da demanda reprimida quanto a esse equipamento específico, existem mais de mil pedidos na prefeitura”. A razão, observou, é que o município experimenta realmente uma grande explosão no número de veículos – são quase 150 mil, fora a frota flutuante –, gerando preocupações naturais quanto à segurança.

Fonte: SECOM/PMI