Iniciativa atua na prevenção do isolamento e fortalecimento de vínculos familiares junto a pessoas com deficiência e idosas

A Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), deu mais um passo importante relacionado ao cuidado, atenção e garantia dos direitos da pessoa idosa e com deficiência. A administração municipal passou a ofertar o Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio.

A finalidade é ofertar atendimento especializado de cuidado e proteção social para pessoas com deficiência e idosas (acima de 60 anos) com algum grau de dependência, além de suas famílias.

Os usuários atendidos pelo serviço recebem visitas frequentes da equipe de profissionais. “Acompanhamos de perto, entendemos a dinâmica familiar e auxiliamos essa família a se reorganizar, fazendo com que os vínculos familiares sejam fortalecidos”, explicou o psicólogo e coordenador do serviço, Vinícius Ferreira.

Até o momento, desde o início das atividades, em dezembro de 2023, são acompanhados dez usuários. Mas a expectativa é de que este número seja ampliado até a metade do ano. Os assistidos são pessoas idosas e com deficiência que são favorecidas pelo Benefício de Prestação Continuada e programas de Transferência de Renda. Além disso, são pessoas em acompanhamento pelo Programa de Atenção Integral à Família (PAIF), desenvolvido  nos Centros  de Referência de Assistência  Social – CRAS.

Visitas frequentes

No município, o serviço é executado de forma indireta pela Associação Centro de Convivência Espaço da Família (ACCEF), mobilizando uma equipe composta por dois psicólogos, um assistente social, cinco agentes de cuidado e um coordenador. Antes do início das atividades, a fim de assegurar o melhor atendimento aos necessitados, todos passaram por mais de 180 horas de treinamento.

Esses profissionais vão ao encontro dos usuários em suas residências. Ali são realizadas rodas de conversa, há um contato direto para dialogar sobre o histórico de vida e construção de alternativas para que eles participem mais da vida da família e da comunidade.

O propósito do trabalho é melhorar a vida dos usuários por meio de escuta, conversas, dinâmicas, atividades que possibilitem o resgate da autonomia, da imagem, de crenças dos atendidos. A missão também é contribuir para orientar e apoiar os esforços das famílias no desenvolvimento de atividades de proteção e cuidados.

Ganhos

Os benefícios da prestação deste serviço são salientados pela secretária de Assistência Social, Jany Mara Bartolomeu. “Com grande orgulho, nossa gestão dá início a esse trabalho tão crucial do Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio. O serviço oferece benefícios essenciais: prevenção do isolamento; fortalecimento dos vínculos familiares; evita agravos que podem romper esses laços; previne o confinamento de idosos e pessoas com deficiência, além de promover qualidade de vida e bem-estar ao público atendido”, listou.

 

próximo artigoFiscalização de transporte escolar em Timóteo ocorre no período de 4 de março a 4 de abril
Artigo seguinteServidores da Prefeitura de Fabriciano receberão salários de fevereiro com recomposição da inflação de 3,70%

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here