Projeto conta com vários apoiadores e o objetivo é facilitar a inclusão no mercado de trabalho. Participantes são encaminhadas pelo CRAS E CREAS

Começou no último dia 7 de março, numa iniciativa da Prefeitura de Ipatinga, com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac), o projeto “Parceria que Promove”, voltado para a orientação profissional de mulheres em situação de vulnerabilidade social. O projeto é viabilizado por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). 

As mulheres que participam das oficinas de orientação profissional são encaminhadas por unidades estratégicas da Assistência Social de Ipatinga – os CRAS e o CREAS -, sendo todas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e que desejam ser inseridas ou reinseridas no mercado de trabalho.   

As oficinas acontecem até a próxima quinta-feira (16), das 13h às 15h, na Seção de Inclusão Produtiva da Prefeitura de Ipatinga (rua Edgard Boy Rossi, 170, Centro), tendo como um dos instrutores o docente do Senac Rodrigo Mendes. Ao todo são oito oficinas, com temas como “O que é ser profissional”, “Empreendedorismo como forma de renda”, “Marketing pessoal e profissional”, entre outros. São diversos assuntos ligados à qualificação de mão de obra para o comércio local, com o objetivo de despertar este público para um espírito de empreendedorismo.   

“Esse trabalho tem duas frentes de combate: uma delas é a violência contra a mulher e, a outra, a diminuição das vulnerabilidades social e financeira. Quando essa mulher tem oportunidade de passar pela oficina, ela vai ampliar sua visão de mundo, sua rede de apoio e se fortalecer. Quando ela é encaminhada às oportunidades de trabalho, se torna independente e gera autonomia”, explica a psicóloga e técnica de referência da Seção de Inclusão Produtiva (Seinp), Luciane Barros.    

A secretária municipal de Assistência Social, Jany Mara Bartolomeu, pontua que “a parceria com o Senac e todas as outras instituições que apoiam o projeto vem da necessidade de ofertar um serviço com qualidade para um público extremamente necessitado, já que é conhecida a excelência do corpo docente dessa instituição, que juntamente com todo Sistema S é referência em capacitações. Assim resolvemos apostar nessa parceria que só tem acrescido na promoção das mulheres em situação vulnerável, dando a elas autonomia para vivenciarem um novo patamar da valorização”. 

Apoiam o projeto o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); Serviço Social do Comércio (Sesc); Serviço Social da Indústria (Sesi); e Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac), faculdade Única e Rede Cidadã. 

Parceria de qualidade 

Segundo dados divulgados pela Agência Minas, a taxa de desemprego em Minas Gerais recuou para 5,8% em 2022, ficando inferior à média nacional. Com o crescimento do número de vagas disponíveis, aumentou também a demanda por qualificação. Em Ipatinga, o comércio oferece algumas vagas em que o candidato precisa ter habilidade profissional e comportamento adequado para ser efetivado. “E é aí que o Senac entra, observando essa demanda e se colocando prontamente para poder apoiar o desenvolvimento da população”, afirma a consultora de Relacionamento do Senac, Daniele Consentino.  

Para ela, a importância dessa parceria do Senac com a Prefeitura é alcançar efetivamente a missão da instituição de transformar vidas por meio da educação profissionalizante e fortalecer o comércio local com qualificação profissional para todos os públicos. 

Inclusão Produtiva 

A Inclusão Produtiva (Seinp) é uma Seção da SMAS que tem por objetivo a promoção de cidadãos atendidos pela política socioassistencial de Ipatinga pela via do trabalho. Suas ações compreendem oficinas de orientação, encaminhamentos, inserção, reinserção no mundo do trabalho, estabelecendo parcerias com instituições, terceiro setor, setor público, tecendo uma grande rede em prol da promoção de oportunidades como estratégia de superação de vulnerabilidades sociais. 

Sobre o Senac em Ipatinga 

No Senac em Ipatinga, o aluno tem uma variedade de cursos. Na área técnica, as opções são: Enfermagem, Redes de Computadores, Administração e Logística. Os cursos de MBA são na área de Gestão. E para alunos de 14 a 24 anos, que estão vinculados a empresas, a unidade oferece também o curso de Aprendizagem Comercial. Há também um portfólio completo de cursos a distância para quem opta por essa modalidade.  

A unidade está em Ipatinga desde 2002 e em 2011 foi inaugurado o atual Centro de Educação Profissional. Além dos cursos, a unidade oferta à comunidade ações em parceria com entidades de classe e empresas, como aferição de pressão, dicas de saúde, palestras em escolas para jovens e adultos.  

próximo artigoPrefeitura Fabriciano inaugura novo Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) no bairro Universitários
Artigo seguinteFifa confirma 12 grupos na próxima Copa do Mundo, com 4 seleções cada
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários