Perigos do uso do celular ao volante estão entre os principais focos de conscientização

A Prefeitura de Ipatinga, por meio da Seção de Educação, Segurança e Fiscalização de Trânsito (Sesfit), iniciou a divulgação das diversas atividades educativas da campanha Maio Amarelo, que é realizada em todo o Brasil para alertar sobre o impacto dos acidentes de trânsito e a importância da prevenção.

Além da produção de vasto material informativo, a Sesfit programou uma série de blitzes em pontos estratégicos e palestras nas escolas da rede municipal de ensino, a partir do dia 5 de maio.

Uma simulação de acidentes com a presença de autoridades, agentes de trânsito e atores será realizada em 7 de maio, na praça central do bairro Bom Jardim.

A campanha também será levada a escolas particulares e empresas.

O perigo do celular

O tema da campanha Maio Amarelo deste ano é “Paz no trânsito começa por você”. Uma das grandes preocupações das autoridades é com o aumento de acidentes relacionados ao uso de celular ao volante. A distração com o aparelho vem custando caro ao país e já é a terceira causa de mortes no trânsito, atrás da combinação bebida e volante e do excesso de velocidade.

A campanha Maio Amarelo recomenda aos motoristas que, enquanto estiverem dirigindo, desliguem o celular ou coloquem o aparelho fora do alcance das mãos para evitar a tentação do uso.

Ainda sobre o uso de celular ao volante, pesquisas revelam que a interação com o aparelho, seja falando ou trocando mensagens, aumenta em quatro vezes as chances de acidente. A distração afeta também os motociclistas em seus momentos de pilotagem, gerando distração.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no parágrafo único do artigo 252, o condutor que segurar, manusear ou falar ao telefone celular enquanto dirige está cometendo infração gravíssima, passível de multa de R$ 293,47, além de perder sete pontos na carteira.

Dicas da campanha

Não dirija se estiver com sono ou cansado.

Jamais deixe de usar o cinto de segurança.

Deixe o celular na bolsa ou guardado enquanto conduz o veículo.

Preste atenção nos pedestres e ciclistas.

Evite freadas e arrancadas bruscas.

Seja educado e cortês se alguém cometer um erro.

Respeite os limites de velocidade.

Motociclistas

A campanha também traz um destaque especial para os motociclistas, que figuram entre as maiores vítimas fatais no trânsito, e ressalta que devem respeitar as normas de circulação nas vias.

Motociclistas estão envolvidos em cerca de 70% dos acidentes de trânsito. Diante da vulnerabilidade dos veículos de duas rodas, as consequências de um acidente de trânsito ao motociclista tendem a ser muito mais graves.

Crianças e jovens também figuram entre as maiores vítimas  da atualidade. Lesões por acidentes no trânsito são as principais causas de morte entre pessoas de 5 a 29 anos.

Excesso de velocidade é a maior causa de acidentes de trânsito.

Homens morrem mais

73% das mortes no trânsito são de jovens do sexo masculino com menos de 25 anos. Eles têm quase três vezes mais chances de morrer em acidentes de trânsito do que mulheres jovens.

Importância do cinto

O cinto de segurança reduz o risco de morte entre motoristas e passageiros dos bancos dianteiros em até 50% e até 25% entre passageiros dos bancos traseiros.

Fonte: OPAS – Organização Pan-Americana da Saúde

próximo artigoIpatinga aponta os caminhos para a cultura em seminário
Artigo seguinteArena Cultural movimenta Ipatinga em mais um evento de comemoração aos 60 anos

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here