PMI e Copasa implantam rede de esgoto na avenida Maanaim

A intervenção evita que poluentes sejam lançados no principal curso hídrico da área urbana do município

O esgoto gerado por 11 famílias e também proveniente do imóvel onde funcionava a antiga Escola Técnica Vale do Aço, na rua Pumborás, no bairro Jardim Panorama, vai deixar agora de poluir o ribeirão Ipanema, como acontecia há anos. É que está sendo realizado o prolongamento da Rede Coletora de Esgoto (RCE) na região.

As intervenções começaram na semana passada e são executadas simultaneamente pelas Secretarias Municipais de Obras Públicas (Semop) e Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), juntamente com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), prestadora do serviço em Ipatinga.

A obra prevê a construção de 287 metros de rede coletora, que compreende os fundos da extinta escola técnica até a avenida Guido Marlière, no bairro Iguaçu. A intervenção é feita pela avenida Maanaim, onde está sendo construída a rede até os interceptores que conduzem os dejetos para condução à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

avenida manaaim
O prefeito Nardyello Rocha explica que o trabalho em parceira com a Copasa visa corrigir um erro da época em que a avenida foi implantada

Obras

As intervenções de saneamento básico compreendem os serviços de escavação, remoção, aterro, nivelamento e escoramento de vala, fornecimento de tubos, tampas e recomposição de pavimento. O prefeito Nardyello Rocha explica que o trabalho em parceira com a Copasa visa corrigir um erro da época em que a avenida foi implantada. “Quando a avenida foi aberta, não foi feita a rede interceptora, e isto comprometeu o processo de captação para o tratamento de esgoto. Para corrigir o problema, estamos fazendo estas novas ligações”, explicou. Ele garantiu que as obras não terão nenhum custo para o munícipe. “Nada a mais será cobrado na conta de água do morador”, assegurou. A previsão é que o serviço seja concluído na próxima semana.

Fonte: PMI