Lojas abrem até mais tarde nas vésperas do Dia das Crianças

Na segunda e terça que vem, as empresas das três principais cidades da região funcionarão das 9h às 20h

IPATINGA – Nos dos dias que antecedem o feriado de Nossa Senhora Aparecida, quando também será celebrado o Dia das Crianças, na semana que vem (12/10, quarta-feira), o comércio do Vale do Aço funcionará em horário ampliado por força de Convenções Coletivas de Trabalho (CCT’s). Na segunda (10) e na terça (11), as empresas das três principais cidades da região estão autorizadas a abrir as portas das 9h às 20h, com o objetivo de atender o aumento de consumidores nas ruas por conta da data comemorativa.

De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço, o Dia das Crianças, além de ter forte apelo emocional junto ao público infantil, também é conhecido por ser um período no qual comerciantes fazem o lançamento dos produtos que venderão no Natal.
Segundo uma pesquisa realizada pela Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Minas Gerais (Fecomércio MG), cerca de 29% dos empresários mineiros acreditam que as vendas neste ano serão melhores que as do ano passado. Diversos motivos são elencados pelos empresários para sustentar essa expectativa, sendo que, para a maioria (42,86%), o abrandamento da pandemia é o principal fator impulsionador das vendas.

Sentimento

“Percebemos, nos últimos dias, que os investimentos para o Dia Crianças foram, mais uma vez, na visibilidade das lojas, em promoções, liquidações e propagandas”, pontua o presidente do Sindcomércio, José Maria Facundes. Segundo o dirigente sindical, o “ticket médio’, ou seja, o valor que cada pessoa deve desembolsar quando for às compras nos próximos dias, deve variar entre R$ 50 e R$ 100. Lojas de brinquedos, de jogos e eletrônicos, além daquelas que vendem roupas, calçados e artigos esportivos, serão os setores mais movimentados, ele explica.
“Ao sair para procurar os presentes dos filhos, muitos casais aproveitam para passear por lojas que também vendem produtos para adultos. Então, cria-se, neste período, um ambiente de negócios não somente para comércios que vendem produtos infantis, mas para todos os outros”, acrescenta Facundes.

Empresas fechadas

Na quarta-feira (12), por ser feriado, não só o chamado “comércio de rua” estará de portas fechadas, mas também supermercados e outras empresas do setor, como peixarias, hortifrútis, mercearias e varejões. Funcionam, apenas, as atividades consideradas essenciais à população, como farmácias, padarias e postos de combustíveis.

próximo artigoMulher bate carro em caçamba de lixo em Ipatinga
Artigo seguinteOperação policial cumpre 30 mandados de prisão no leste de Minas