O Hospital Márcio Cunha, administrado pela Fundação São Francisco Xavier (FSFX), em Ipatinga (MG), celebra no dia 1º de maio, 59 anos de história. Com uma trajetória de sucesso, a unidade hospitalar mantém um modelo de excelência em gestão com foco na qualidade e segurança do paciente, sendo pioneira no país a conquistar a acreditação hospitalar nível 3 que estabelece normas e critérios rigorosos para a adoção de práticas de qualidade e segurança na assistência à saúde em benefício do paciente e da comunidade.

“O nome do Hospital Márcio Cunha é sempre lembrado quando se fala em protagonismo na saúde. Com uma história reconhecidamente premiada, nosso hospital, um complexo com três unidades, abriu o caminho para o selo de excelência da ONA como o primeiro hospital brasileiro a conquistar o Nível 3 da certificação. E não parou mais de inovar, crescer e abrir fronteiras”, ressalta Eduardo Blanski, diretor de negócios do HMC e Unidade de Oncologia.

Na busca por tratamentos e resultados mais eficientes, o hospital, que realiza cerca de 70% dos atendimentos a pacientes do Sistema Único de Saúde, tem demonstrado o quanto é possível evoluir na qualidade assistencial, alcançando e superando indicadores de excelência ano após ano. Um exemplo é a conquista do selo Top Performer pela sexta vez, em 2024. A certificação é concedida às unidades de terapia intensiva que alcançam os melhores resultados clínicos e utilizam os recursos de forma eficiente, apresentando excelência e qualidade no cuidado.

Ainda em 2024, o Hospital Márcio Cunha iniciou a realização de exames por meio do PET-CT (Positron Emission Tomography – PET), equipamento que permite a captação de exames de imagem em alta complexidade com alto nível de precisão, para diagnóstico e tratamento de câncer e outras doenças. A expectativa é de que 100 atendimentos sejam feitos por mês para pacientes do Vale do Aço e região, que antes só conseguiam realizar o exame em Belo Horizonte. Agora, podem realizar na unidade, o que traz mais conforto e segurança. Para os próximos anos, o HMC reafirma seu compromisso com a excelência em saúde, combinando inovação tecnológica com um atendimento humanizado.

“Nesse momento de comemoração, reforçamos que todo reconhecimento e conquista partiu, essencialmente, da capacidade diferenciada das pessoas que dão vida para o HMC entregar uma assistência hospitalar de qualidade e com segurança, mantendo-se à frente das tendências e figurando como exemplo e eixo fundamental para o sistema de saúde do Vale do Aço. Esse é o nosso propósito! Que venham mais 59 aniversários”, conclui Eduardo.

Hospital Márcio Cunha

Hospital geral de alta complexidade com 59 anos de atuação. Possui 558 leitos e três unidades, sendo uma unidade exclusiva para o tratamento oncológico. Atende a uma população de mais de 1,3 milhão de habitantes de 67 municípios de Minas Gerais e conta com cerca de 550 médicos em 50 especialidades, sendo o 6º em número de internações e o 4º hospital em número de partos. Com prestação de serviços nas áreas de ambulatório, pronto-socorro, internação e apoio diagnóstico, atualmente atende 70% pelo SUS, além de convênios e da Usisaúde.

Foi o primeiro hospital do país a ser acreditado em nível de excelência (ONA III), pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). Além disso, está classificado pela revista norte-americana Newsweek entre as melhores unidades hospitalares do Brasil.

próximo artigoComemoração de aniversário de Santana do Paraíso é marcada por atrações nacionais para todos os públicos
Artigo seguinteA paz no trânsito começa por você: Fabriciano convida sociedade a rever comportamento para trânsito mais seguro

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here