Inscrições de participantes serão recebidas até quinta-feira, na PMI (Foto: Daniel Zappe/CPB/MPIX)

Escolhida entre 66 cidades do Brasil e dez municípios mineiros, Ipatinga já se prepara para sediar, no próximo sábado (21), o Festival Paralímpico. O megaevento reunirá 7.200 atletas, com faixa etária de 10 a 17 anos, em disputas que se realizam em todos os estados brasileiros. No município, cerca de 200 crianças e jovens com deficiência física são esperados para participar das atividades esportivas, que terão início às 8h, no principal cartão postal de Ipatinga, o Parque Ipanema. Sem custos para a cidade, o Festival é fruto de uma parceria da Prefeitura com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). 

Em Ipatinga, as modalidades escolhidas foram o Basquete sobre Rodas, Lúdicas, Bocha e Atletismo, em destaque no município e que já recebem apoio da Prefeitura. Até a próxima quinta-feira (19), a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, que fica no 3º andar do prédio do Executivo Municipal, receberá do meio-dia às 17h as inscrições de pessoas com deficiência interessadas em participar. A faixa etária para participação é entre 6 a 17 anos de idade e outras informações podem ser obtidas pelo telefone (31)98571-3744.

(Foto: divulgação/ PMI)

De acordo com a Semcel, a escolha do município para ser uma das sedes do evento é algo muito representativo. Atualmente, em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação, a pasta está empenhada na construção e apoio às políticas públicas para deficientes, para alunos da educação especial, promovendo atividades de paradesporto, dentre outras ações e eventos que possam mostrar os atletas locais para a população, já que é trabalhado o tema inclusão no município.

Com o apoio técnico de uma equipe formada por servidores municipais, estagiários, além dos coordenadores do CPB, o Festival será realizado com o objetivo de comemorar o Dia do Atleta Paralímpico, celebrado em 22 de setembro, além de promover a interação de crianças com e sem deficiência.

Durante o evento, os atletas inscritos pela rede de ensino de Ipatinga e pelas instituições que trabalham com pessoas com deficiência receberão, gratuitamente, uniforme, lanche e materiais para a realização das atividades.

1ª edição do Festival

No ano passado, 48 cidades brasileiras receberam a festividade, e alguns núcleos contaram com a presença de medalhistas paralímpicos como as velocistas Terezinha Guilhermina e Verônica Hipólito e a nadadora Patrícia dos Santos.

O aumento no número de cidades-sedes se deve ao sucesso da primeira edição, que aconteceu no ano passado, quando o CPB atingiu mais de 6 mil participantes em todo território nacional. 

próximo artigo8 benefícios da corrida para seu corpo e mente
Artigo seguinteCombate a endemias ganha reforço tecnológico em Fabriciano
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários