Ipatinga realiza cadastro nacional do artesão

A Prefeitura de Ipatinga e o Governo de Minas, via Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer e a Secretaria Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (SEEDIF) anunciam para os próximos dias a realização, na cidade, do Mutirão de Cadastramento do Artesão.

O trabalho será realizado na Casa do Artesão, que fica na av. Macapá, 6, no Novo Centro, próximo à ponte do bairro Veneza. As datas agendadas são os dias 18 e 19 de julho, quarta e quinta-feira. O atendimento será feito de 9h às 18h.

Requisitos

Para participar, o artesão deve ser maior de 16 anos, e comparecer, na data e local, portando os seguintes documentos: foto 3×4 recente, original e cópia do documento de identidade, CPF e comprovante de residência em nome do requerente.

O cadastramento dos artesãos se dará mediante avaliação de peças prontas e demonstração de habilidade manual, através de prova de feitura para cada técnica a ser cadastrada. Poderão ser registradas no mínimo uma e no máximo três técnicas para cada artesão. Os profissionais considerados aptos irão receber a Carteira Nacional do Artesão.

O que é a Carteira

A Carteira Nacional do Artesão traz benefícios como a possibilidade de participação em feiras de artesanato nacionais e internacionais, participação em programas de editais públicos e privados, em alguns casos.

O documento é emitido de forma gratuita e com abrangência nacional. Os artesãos serão cadastrados conforme o Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) do Governo Federal. Mais informações sobre o cadastramento podem ser obtidas pelo telefone (31) 3825-4073, número por meio do qual é feito também o pré-agendamento.

O secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlos Oliveira, explica que “o cadastramento é muito importante. O profissional da área formaliza sua atividade no ramo e obtém sua carteira, que garante participação em eventos especializados como feiras regionais, estaduais e nacionais, exposições e capacitações. As informações proporcionadas pelo cadastrado também nos darão uma melhor visão de quantos artesãos dispomos na cidade e a natureza de seus trabalhos. O que facilitará ao Prefeito Nardyello Rocha a ampliar projetos para está categoria”, observa.

Fique atento

O cadastro de artesão não inclui as seguintes atividades:

Adesivos de unhas; bijuterias montadas com pedraria, couro ou sementes adquiridas com acabamento já pronto; bordados e costura na máquina; produção de velas, de sabonetes, perfumaria, sais de banho e terrários; produtos em EVA e feltro; produtos da gastronomia; bordado de aplicação de miçangas, paetês e canutilhos (chinelos, acessórios e vestuários); decoupage; bordados em fita; capitonê, pintura em tela, cartonagem sem produzir o papel artesanal; revestimento com tecido, costura criativa, fuxico moderno com enchimento, flores de meia, tecido e outros materiais industrializados; biscuit sem produzir a massa e sem identidade cultural; stringuiart; patchwork invertido; lapidação de pedras; artesanato de reutilização sem acabamento e de ofício predominantemente manual.