Ipatinga inicia vacinação contra a Covid-19 de crianças de 11 anos

A vacinação das crianças com comorbidade de 5 a 11 anos continua sendo realizada. Autistas também estão incluídos neste grupo. O atendimento é feito na Policlínica Municipal, sem necessidade de agendamento.

Com estrutura especial para o público infantil, a Prefeitura de Ipatinga inicia nesta segunda-feira (24) a vacinação de crianças de 11 anos As crianças com comorbidades, incluindo os autistas, na faixa etária de 5 a 11 anos, também podem se encaminhar ao local. Uma tenda foi instalada na Policlínica Municipal para atendimento ao público. Excepcionalmente, na segunda o horário de funcionamento será de 9h às 15h. Nos demais dias, a vacinação acontece normalmente de 8h às 16h.

A estratégia de imunização em um local exclusivo segue orientação do Ministério da Saúde, para oferecer mais conforto e segurança às crianças que estão sendo imunizadas. Para se vacinar, não é necessário agendamento. No entanto, as crianças devem estar acompanhadas de pais ou responsáveis, com apresentação de documento de identificação e cartão de vacina.

As crianças com deficiência permanente, indígenas ou quilombolas que ainda não foram vacinadas também devem se dirigir à Policlínica Municipal. Já a imunização das crianças acamadas ou com mobilidade reduzida segue em andamento ao longo da semana e está sendo feita por equipes volantes da Secretaria Municipal de Saúde.
 
A vacina pediátrica
A vacina Pfizer pediátrica será aplicada nos ipatinguenses em duas doses, com intervalo de oito semanas para o esquema vacinal completo. Porém, a versão pediátrica do imunizante tem especificidades como dosagem, composição, prazo de armazenagem, manejos para diluição e orientação de insumos diferentes em relação ao imunizante para pessoas com mais de 12 anos.

O frasco da vacina para crianças tem uma cor diferente daquela aplicada em adultos. É apresentado na cor laranja, estratégia adotada para ajudar os profissionais de saúde na hora de aplicar a vacina. Cada dose contém 0,2 ml.

próximo artigoAAPI- Donativos já começam a ser entregues às famílias
Artigo seguintePopulação do Vale do Aço e região ganhará serviços inéditos para atendimento SUS em 2022