Entre as atividades está a limpeza de áreas degradadas em vários pontos da cidade

Referência em ações em prol do meio ambiente, nesta primeira semana do mês de junho Ipatinga realiza, em paralelo com o Dia Mundial do Meio Ambiente (5), a campanha de conscientização e educação “Eu Cuido do Meu Lixo”. Somando-se a várias ações envolvendo a destinação correta do lixo domiciliar, o governo municipal trabalha na recuperação de áreas degradadas e plantio de árvores, além de promover melhorias importantes em saneamento básico.

Durante esta semana, além de uma série de ações educativas no ambiente virtual, a Administração municipal vai realizar a limpeza e revitalização de áreas com acúmulo de entulhos em diversos pontos da cidade.

A ação teve início nesta segunda-feira (1), na avenida Sanitária, no Limoeiro. “Temos aqui um local conhecido pelo descarte irregular de entulho e lixo residencial. Além da limpeza, vamos recuperar esse espaço com mudas de espécies nativas, que são apropriadas para recomposição de mata ciliar”, disse a diretora do Departamento de Meio Ambiente, Núbia Fernandes. 

Com mais de 260 mil habitantes, Ipatinga produz anualmente mais de 91 mil toneladas de resíduos, incluindo o lixo domiciliar, entulhos, restos de árvores cortadas e capina, entre outros. E, naturalmente, existe a necessidade de dar correta destinação a esse material. Em relação ao lixo domiciliar, o município realiza a coleta em todos os bairros da cidade, de acordo com a demanda de cada região. A cidade conta ainda com o apoio das associações de catadores para recolhimento do material reciclável.

Núbia destaca a importância da população colaborar no sentido de não descartar lixo em local inapropriado. “Cabe à população, além de não realizar o descarte, denunciar aqueles que promovem. O acúmulo de lixo, além de causar um impacto visual negativo, é uma ameaça para a saúde pública. Lixo acumulado gera insetos e animais peçonhentos, além de ser criadouro do mosquito aedes”, observa.

Denúncias de descarte irregular de lixo e entulhos devem ser encaminhadas à Ouvidoria Municipal, telefone 156. Há multas previstas para os infratores.

fonte: PMI

próximo artigoIpatinga registra a quarta morte por Covid-19
Artigo seguinteOMS alerta que Brasil ainda não atingiu pico da pandemia