Ipatinga anuncia projeto para usinas fotovoltaicas

Às vésperas do Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) e também para marcar o Dia da Imprensa (1º/6), a Prefeitura de Ipatinga recebeu na manhã desta terça-feira, no Viveiro Municipal, diversas autoridades civis e militares, além de representantes de órgãos de Comunicação da região e líderes de entidades organizadas. Ao abrir no local a programação da Semana do Semana do Meio Ambiente, o prefeito Gustavo Nunes, ao lado do vice-prefeito Alexsandro Espírito Santo e dos secretários Célio Andrade (Sesuma) e Roberto Silva Soares (Governo), anunciou diversas ações ecológicas de impacto, entre elas um projeto para implantação de usinas fotovoltaicas em escolas e creches da cidade. “Também com este olhar, com foco na sustentabilidade, estamos visitando os educandários há vários dias, ao lado de alguns de nossos assessores. São investimentos importantes, que ainda representam economia para os cofres públicos, e que traduzem o slogan do nosso governo, Cidade do Futuro. Algumas vantagens destas usinas, movidas a energia solar, são a durabilidade de até 25 anos e o baixo custo de manutenção, que representa apenas 1% do investimento realizado, sem contar que ocupam pouco espaço, com impacto ambiental mínimo”, frisou o chefe do Executivo.

Gustavo Nunes ainda anunciou um trabalho importante na zona rural, visando eliminar focos de contaminação de alguns dos principais cursos hídricos do município. “Para isso estamos realizando o cadastramento de famílias e imóveis, empreendendo uma caça aos lançamentos irregulares de esgoto, cuidando para que todos os pontos onde haja necessidade sejam servidos de fossas sépticas”, informou.

Referência para o país

A agenda no Viveiro Municipal contou também com uma explicação ampla sobre a importância do espaço, pelo geógrafo, engenheiro civil e também especialista em arborização urbana, Rafael Castro, diretor da Infrater Engenharia. Integrado ao Parque Ipanema e com poucos similares no país, inclusive entre cidades de grande porte, o Viveiro ocupa uma área de mais de 7 hectares, onde são produzidas cerca de 25 mil mudas por mês ou 300 mil por ano, entre árvores nativas, frutíferas e ornamentais. Ali também funciona a Farmácia Verde, com a distribuição gratuita de remédios fitoterápicos sob receita.

Conforme Rafael, Ipatinga conta hoje com cerca de 6 milhões de metros quadrados de áreas verdes, sendo a metade representada por gramados. Um censo arbóreo recentemente realizado identificou mais de 100 mil árvores plantadas na área urbana, o que, conforme explicou, é algo muito positivo também para a saúde da população, já que uma das propriedades das árvores é a capacidade de reter até 50% dos materiais particulados lançados na atmosfera.

Instinto predatório

Presente na solenidade com o acompanhamento de diversos policiais e viaturas do grupamento, o comandante da 12ª Cia. PM Independente de Meio Ambiente e Trânsito, major Átila Porto, chamou atenção para o instinto predador do homem, já que, “em tempos de pandemia e diante das restrições à movimentação habitual das pessoas foi percebida até mesmo a melhoria da qualidade da água e do ar, com menos degradação e agressões à natureza”.

Temática

A Semana do Meio Ambiente de Ipatinga em 2021 é regida pelo slogan “Cidadão consciente cuida do meio ambiente”, envolvendo também a revitalização de espaços públicos antes utilizados para descarte irregular de lixo, com plantio de mudas de árvores frutíferas e grama esmeralda.

Desde segunda-feira (31), o prefeito Gustavo Nunes e secretários municipais estão visitando escolas da rede local para realização de um trabalho de conscientização junto a crianças. Cerca de 2.000 “Cápsulas Ecológicas”, contendo sementes de árvores e instruções de manejo, estão sendo distribuídas. Em cada educandário, há também atos simbólicos de plantio, com o objetivo de chamar a atenção dos estudantes para a necessidade de cuidar do meio ambiente. A comitiva já esteve nas escolas Padre Bertollo (Cidade Nobre), Primeiros Passos (Bethânia) e Deolinda Tavares Lamego (Bethânia). Nesta quarta-feira (2), será a vez das escolas Evaldo Fontes (Chácaras Oliveira), Lucinda Fernandes Madeira (Vila Formosa) e João Reis (Limoeiro). Outros estabelecimentos de ensino serão visitados na próxima semana, nos dias 7 e 11 de junho.

Plantando com a comunidade

Outra ação da Prefeitura nestes dias, voltada para o meio ambiente, é a identificação de pontos críticos na cidade utilizados para descarte irregular de lixo e entulhos. Após a identificação de diversos desses locais, foi proposta à comunidade a recomposição paisagística, com inserção de árvores frutíferas variadas e arbustos ornamentais.

Na tarde desta terça-feira (1º), o prefeito Gustavo Nunes esteve em avenidas de bairros da cidade fazendo o plantio de algumas das árvores. “Estou muito feliz com essa ação de consciência ambiental que trabalhamos durante toda esta semana. Nosso objetivo de abrigar centenas de novas árvores e revitalizar uma série de áreas foi concluído com sucesso. Agora é só cuidar e manter o trabalho feito. Mais adiante, estaremos ampliando esse projeto, com a identificação de outras áreas degradadas, e para isso contamos também com sugestões da população”, ressaltou.

próximo artigoPrefeitura de Fabriciano capacita servidores sobre nova Lei Federal de Licitações
Artigo seguinteProva de vida de aposentados e pensionistas que recebem complementação da Prefeitura de Ipatinga será on-line