Homem disse que preferiu falar que tinha sido roubado a contar que foi enganado

Um idoso de 70 anos recebeu voz de prisão após contar mentira para a Polícia Militar de Poços de Caldas, no Sul de Minas. Ele procurou a corporação nessa terça-feira (9 de julho) para contar que tinha sido vítima de roubo.

Conforme o relato do idoso, ele passava pelo centro da cidade quando dois homens, um deles simulando estar armado, o renderam e levaram, ao todo, R$ 11 mil. O homem contou que parte da quantia ele tinha no momento e outra parte foi obrigado a sacar para entregar aos autores.

Foram empenhadas viaturas na tentativa de localizar os suspeitos, enquanto o idoso foi questionado sobre a demora em ter acionado a PM e também sobre dar diferentes versões sobre o fato e os suspeitos. Nesse momento, o idoso contou que, na verdade, não foi vítima de roubo, mas sim de estelionato.

Ele relatou que caiu em um golpe e que fez o pagamento dos R$ 11 mil para uma pessoa que se passava por agente do governo federal. O idoso contou que preferiu falar que foi roubado a contar que tinha sido enganado. O boletim de ocorrência do estelionato foi feito, mas ele foi preso por falsa comunicação de crime. Ele foi liberado mediante assinatura de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e se comprometeu a comparecer ao Juizado Especial Criminal quando for intimado.

próximo artigoJulgamento de Alec Baldwin por disparo em ‘Rust’ avança com argumentos iniciais
Artigo seguinteHomem é preso suspeito de ameaçar, agredir e manter esposa em cárcere privado em Minas
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários