A FIEMG Regional Vale do Aço, por meio do seu Conselho Estratégico, composto pela ArcelorMittal Monlevade, Aperam, Cenibra e Usiminas, promoveu nessa quarta-feira, 10/08, um evento para discutir a melhoria contínua na produtividade, a fim de atingir a máxima eficiência de seus serviços, equipamentos e processos.

O “Conexões Confiabilidade Industrial” reuniu cerca de 150 participantes presencialmente e também remotamente que conferiram uma extensa programação que contou com a palestra: “A confiabilidade como base para a moderna gestão de ativos”, com o CEO da SQL Brasil, Denis Mortelari; apresentação do Plano Diretor da ArcelorMittal Monlevade, pelo Gerente da Engenharia Manutenção, Hayne Pyerre de Oliveira; “A Conectividade na Indústria IOT”, pelo Supervisor Técnico do SENAI Rinaldo Campos Soares, Bruno Quintão.

Já a Usiminas por meio do seu Especialista em Manutenção, Eliezer de Oliveira, apresentou as Tecnologias de Gestão de Ativos e a Cenibra, representada pelo Coordenador de Manutenção Elétrica Instrumentação, Adilson Ferraz, explanou sobre “Analise de falha – Boas práticas, causa sistêmica e aprendizado da organização”. Concluindo as apresentações, Carlos Rafael de Oliveira,Especialista em Confiabilidade da Aperam, compartilhou exemplos de sucesso da produtora de inox.

Para Adilson Ferraz, o Conexões é uma excelente oportunidade para troca de experiencias e desenvolvimento das empresas. “Esse compartilhamento é fundamental e beneficia a todos. As organizações estão preocupadas cada vez mais em reter o conhecimento, uma vez descoberto o motivo das falhas o foco é sistematizar, padronizar e treinar as pessoas para que o conhecimento fique na empresa e a falha não se repita”, disse.

Sinergia

Eliezer de Oliveira, especialista em manutenção na Usiminas, justificou a escolha do tema. “A engenharia de confiabilidade é um passo importante na manutenção, onde saímos de uma manutenção de prevenção    atuando na prevenção de falhas em conjunto com a otimização dos recursos e utilização de novas tecnologias e métodos, obtendo assim, maior disponibilidade de produção, menor custo e menor risco para os colaboradores”, explicou.

Segundo Eliezer a expectativa pós Conexões é de aplicabilidade com os aprendizados e troca de experiências e visitas técnicas entre as âncoras para aprofundamento dos temas debatidos e equalização de boas práticas.

Flaviano Gaggiato, presidente da FIEMG Regional Vale do Aço, prestigiou o evento e parabenizou o grupo pela iniciativa. “O Conselho Estratégico propicia uma sinergia entre as indústrias âncoras que tem contribuído muito para o compartilhamento de boas práticas e soluções. Abordar a confiabilidade na manutenção industrial é uma dessasações estratégicas para trazer mais qualidade, menos riscos de retrabalho e maior segurança no desempenho das atividades industriais”, concluiu. 

próximo artigoArtistas visuais do Vale do Aço expõem no Centro Cultural Usiminas
Artigo seguinteNovo Esporte é reativado em Ipatinga com muitas novidades para o vale do aço
0 0 votes
Classificação
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários