Estado de greve do Sinditanque-MG gera corrida aos postos de combustíveis

Foto: Rafael Chamon

No domingo (2/9), houve um alto movimento nos postos de combustíveis, em todo o estado de Minas Gerais. As informações divulgadas na imprensa e também nas redes sociais, inclusive com vídeo de profissionais, que se identificam como caminhoneiros provocou uma corrida dos consumidos aos postos.

Conforme divulgado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo em MG (Minaspetro), o estado de greve estabelecido pelo Sindicato das  Empresas Transportadoras de Combustível e Derivado de Petróleo do Estado de Minas Gerais (Sinditanque-MG) pode ter provocado este alto movimento nos postos, porém não existe uma confirmação de uma eventual paralisação dos transportadores de combustíveis ou de bloqueio nas estradas e acessos às refinarias da Petrobras.

Ainda de acordo com o Minaspetro essa corrida aos postos, pode acelerar a baixa no estoque dos estabelecimentos, pois, apesar de possuírem estrutura de armazenamento, alguns postos não se prepararam para receber grande demanda em um espaço curto de tempo;

A reposição dos estoques depende de vários fatores como por exemplo de logística, inclusive de outros agentes do segmento – como refinarias, companhias distribuidoras, transportadores, entre outros.

Fonte: ASCOM Minaspetro